Investigação

Homem é suspeito de forjar bilhete de despedida para ocultar morte da esposa

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

04/05/2017 17h47 - Atualizado há 1 semana
Sete anos após ser arquivado o inquérito policial por falta de provas, o Ministério Público Estadual (MPE) denunciou José Francisco Borges pelo assassinado da então companheira Maria da Conceição de Sousa Panta. O crime aconteceu na cidade de Lagoa da Confusão no ano de 2007, mas um bilhete de despedida foi usado por Francisco como justificativa do desaparecimento da esposa. A reviravolta no caso aconteceu quando uma testemunha se apresentou, em 2017, afirmando ser autora do bilhete escrito, à época, em nome da vítima, a pedido de Francisco. No conteúdo do bilhete forjado, Maria da Conceição solicitava à mãe que cuidasse dos filhos, pois estava "indo embora". Diante do novo fato, a Promotoria de Justiça de Cristalândia requisitou laudo pericial do bilhete e confirmou que a carta havia sido escrita pela testemunha e não pela vítima. Diante da constatação, o inquérito policial foi desarquivado e Francisco foi denunciado pelo MPE por homicídio e ocultação de cadáver. O acusado estava foragido desde a data da consumação do crime, mas o Promotor de Justiça Francisco Brandes Júnior obteve sua prisão preventiva e, com o apoio do Núcleo de Segurança Institucional (NIS), do MPE, localizou Francisco Borges em Goiânia (GO). O mandado de prisão foi cumprido nesta quarta-feira, 04, pela Polícia Civil do Tocantins, com o apoio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais de Goiás, chefiada pelo Delegado Alex Nicolau do Nascimento Vasconcelos. Na ocasião da prisão, Francisco Borges confessou o crime e se dispôs a identificar o local onde escondeu o corpo. O crime aconteceu porque Maria da Conceição havia terminado o relacionamento. A denúncia criminal oferecida pelo Ministério Público requer que o acusado seja levado a Júri Popular pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. (Ascom/MPE).

Comentários (0)

Mais Notícias

Lagoa da Confusão

Morador de rua é suspeito de matar colega quatro dias depois de sair da prisão

Conforme a Polícia Civil, Lucilo Soares demonstrou total frieza ao narrar os fatos.

Região norte

Polícia Civil prende principal suspeito de matar idoso a facadas em Xambioá

O idoso foi morto no dia 21 de julho e o suspeito tinha fugido para a cidade de São Geraldo do Araguaia, no Pará.

Acidente fatal

Mulher morre em colisão entre motocicleta e carro no centro de Araguaína

O acidente ocorreu na esquina da Avenida Castelo Branco com a rua Rui Barbosa. A mulher morreu na hora.

Em Araguaína

Em vídeo, mulher desmente boato que viralizou nas redes sociais em Araguaína

Um áudio afirmava que a mulher simulava pedir esmola para dois homens armados assaltar os moradores.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.