Tocantins

Homem que tentou matar outro por não pagar cachaça em bar é condenado a 9 anos de prisão

Além da prisão, o condenado terá que pagar R$ 15 mil à família da vítima.

Por Redação
Comentários (0)

04/09/2019 10h48 - Atualizado há 1 mês
Homem foi condenado a 9 anos de prisão

Acusado de tentar matar um homem com golpes de canivete no pescoço, João Batista Pereira foi condenado a nove anos e quatro meses de reclusão nesta segunda-feira (02). O crime ocorreu em abril de 2018. 

A decisão do Tribunal de Júri foi confirmada pelo juiz Helder Carvalho Lisboa, da 1ª Vara Criminal de Tocantinópolis.

Segundo a denúncia, o crime ocorreu após a vítima se negar a pagar uma bebida alcoólica ao acusado em um bar da cidade de Nazaré, onde a vítima jogava sinuca com o dono do estabelecimento.

Ao afirmar não possuir condições de pagar a bebida e tentar sair da situação, a vítima esbarrou sem querer no acusado, momento em que foi agarrada e atingida com os golpes no pescoço.

Ao sair do bar em busca de socorro, a vítima caiu no chão, mas foi socorrida por um mototaxista que passava no local. Após a Policia Militar ser acionada, João Batista jogou o canivete debaixo de uma das mesas, mas foi preso posteriormente em posse de uma arma de fogo.

Além da prisão, o magistrado ainda condenou o réu ao pagamento de R$ 15 mil à família da vítima como reparação de danos causados.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.