Ação policial

Integrante de organização criminosa do Ceará é preso ao sair de condomínio de luxo em Palmas

Ele estava em Palmas com o objetivo de não ser localizado pela polícia cearense

Por Redação
Comentários (0)

05/07/2024 14h26 - Atualizado há 2 semanas
Prisão ocorreu em Palmas

Notícias do Tocantins - Um homem de 36 anos foragido da Justiça do Ceará foi preso pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Tocantins (FICCO/TO) ao sair de um condomínio de luxo em Palmas, capital tocantinense, na noite desta quinta-feira (4/7).

Ele é investigado por integrar organização criminosa, cuja pena máxima é de 8 anos de reclusão, além de ter sido alvo da operação Extramuros, deflagrada pela FICCO/CE em 09 de abril deste ano.

Na operação, foram identificadas movimentações financeiras superiores a R$ 30 milhões nas contas dos investigados. Assim, o homem se encontrava foragido na cidade de Palmas com o objetivo de não ser localizado pelas autoridades policiais cearenses.

A FICCO/TO é composta pelas polícias Federal, Civil, Militar e Penal. A partir da cooperação entre os órgãos policiais das esferas federal e estadual participantes, a FICCO/TO tem por objetivos a intensificação das ações de investigação, prevenção e repressão a organizações criminosas e à criminalidade especialmente violenta, que constituem graves ameaças à ordem e à segurança públicas nacionais.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.