Augustinópolis

Lavradores que mataram adolescente em pescaria são condenados a 33 anos de prisão

O crime ocorreu em 27 de fevereiro de 2009, na zona rural. A vítima foi ao local convidada pelos autores.

Por Redação 727
Comentários (0)

07/06/2019 14h40 - Atualizado há 1 ano
Cidade de Augustinópolis

Os lavradores Edson da Silva Rodrigues e Edival de Souza Silva foram condenados pelo homicídio do adolescente Antônio da Silva Sousa. A pena atribuída a cada réu foi de 16 anos e 06 meses de prisão.

O crime ocorreu em 27 de fevereiro de 2009, na zona rural de Augustinópolis, em uma pescaria, na qual a vítima compareceu a convite dos autores.

A acusação foi sustentada pelo promotor Paulo Sérgio Ferreira de Almeida, que alegou que o crime foi cometido com o agravante de dissimulação por parte dos réus.

No local da pescaria, os autores desferiram um golpe de arma branca contra o adolescente. A facada atingiu a região do tórax, próximo ao peito esquerdo. A vítima ainda tentou fugir, andando por cerca de 15 metros, mas não resistiu ao ferimento e caiu no chão, já sem vida.

Na manhã do seguinte, Edival chegou a ir à casa da mãe do adolescente, perguntando se ele havia retornado e dizendo que Antônio tinha se afastado do grupo para caçar passarinho.

A mãe desconfiou porque Edival aparentava nervosismo e saiu para procurar o filho, encontrando-o morto no lote onde havia ido pescar na companhia de Edson e Edival.

Inicialmente, os réus alegaram que a vítima teria morrido por acidente, mas, após a perícia técnica, a sua defesa passou a sustentar a negativa de autoria por parte dos acusados.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.