Norte do Estado

Padrinho é preso suspeito de praticar abusos sexuais contra a própria afilhada de 6 anos

Ele estava foragido da justiça há quatro anos.

Por Redação 1.129
Comentários (0)

29/05/2021 11h52 - Atualizado há 3 meses
Suspeito estava morando em Palmas para fugir da justiça

A Polícia Civil do Tocantins cumpriu nesta sexta-feira (28) um mandado de prisão temporária contra um homem de 60 anos. Ele é o principal suspeito de ter estuprado uma criança de 6 anos em 2017 e estava foragido desde a época do crime. O suspeito é padrinho da criança.

O mandado foi cumprido numa ação conjunta da 1ª Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher e Vulneráveis de Araguantins (DEAMV), 5ª Delegacia de Polícia de Palmas e 1ª Delegacia de Palmas.

As investigações apontaram que o homem solicitava reiteradamente a companhia da criança, que ficava com ele no local em que morava sozinho, onde os abusos eram praticados. A mãe da criança desconfiou da conduta do compadre e conversou com a filha, a criança revelou que o padrinho tocava em suas partes íntimas e mostrava inclusive filmes pornográficos, e na última vez tentou praticar o ato sexual com a criança.

O delegado responsável pelo caso, Eduardo Morais Artiaga, informou que a mãe fez a denúncia logo após a revelação da criança. A polícia civil representou pela prisão temporária do homem, mas o suspeito conseguiu fugir e passou a morar em Palmas.  

Desde a época do crime, a equipe da delegacia de Araguatins empreendeu diligências para localizar o paradeiro do foragido.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.