Operação no Tocantins

Polícia encontra armas e 15 litros de pinga caseira em cadeia pública no Tocantins

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

28/06/2018 15h13 - Atualizado há 1 mês
Uma operação da Polícia Civil desarticulou um grupo criminoso especializado no tráfico de drogas no Tocantins, na manhã desta quinta-feira (28). O crime era comandado de dentro da Cadeia Pública de Cristalândia. Segundo as investigações da polícia, o líder da facção criminosa foi identificado como Antônio Cardoso dos Santos, vulgo ‘Baiano’. Ele é quem comandava as ações de dentro da cadeia, local onde cumpre pena justamente por tráfico de drogas. Ainda segundo as investigações, ‘Baiano’ dava ordens para comparsas cometerem crimes. Cinco aparelhos celulares, mais de 15 litros de pinga caseira, bem como várias armas artesanais foram encontradas dentro da cadeia de Cristalândia. Conforme o delegado Hismael Tranqueira, foram presos na operação desta quinta-feira João Veras Cruz Chagas, vulgo “Ioiô”; Marcelo Moreira de Oliveira, (vulgo Gordinho); Ideni Cardoso dos Santos, Antônio Cardoso dos Santos, Marcos Antonio Rodrigues de Carvalho Júnior, Acirlei Bezerra Romanos e Ilzenir Cardoso dos Santos (vulgo Kitinha). Na cidade de Fátima, Marcos de Jesus Moreira de Oliveira foi preso em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Durante toda operação foram apreendidos mais de 11 kg de maconha, 600g de crack e porções de cocaína. Segundo o delegado Hismael, a ação teve início há dois meses e já resultou em seis prisões em flagrante por tráfico de drogas e cumprimento de 14 mandados, sendo nove de prisões preventivas e temporárias e cinco de busca e apreensão. Veículos, drogas e dinheiro também foram apreendidos no decorrer da operação.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.