Araguaína

Quatro assaltantes invadem órgão público e rendem servidores, mas acabam presos

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

24/01/2018 11h11 - Atualizado há 1 semana
Quatro assaltantes foram presos durante um roubo ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), na manhã desta quarta-feira (24), no Bairro Senador, em Araguaína (TO). Segundo apurado, dois jovens chegaram no órgão e acionaram a campainha. O vigilante abriu o portão e foi imediatamente rendido pelos criminosos. A dupla portava uma arma de fabricação caseira. Os assaltantes entraram no local e renderam os servidores públicos. Em seguida, mais dois criminosos chegaram para auxiliar no crime. O grupo recolheu alianças, celulares, relógios, joias e também dinheiro. No entanto, um dos funcionários conseguiu se trancar dentro de uma sala e acionou a Polícia Militar. A PM compareceu em poucos instantes juntamente com uma viatura do Comando de Operações Especiais (COE). Os policiais cercaram todo o quarteirão e conseguiram prender os suspeitos. Um dos presos foi identificado como Denilson Castro da Silva e o outro Wendel da Silva Barros, ambos de 18 anos. Os outros dois detidos são menores de idade. Todos os quatro já possuem ficha criminal por roubo. Denilson, Wendel e um dos menores já fizeram tratamento na referida unidade do CREAS. Os objetos roubados foram recuperados pela polícia e a arma utilizada no crime apreendida.

Comentários (0)

Mais Notícias

Região norte

Polícia Civil prende principal suspeito de matar idoso a facadas em Xambioá

O idoso foi morto no dia 21 de julho e o suspeito tinha fugido para a cidade de São Geraldo do Araguaia, no Pará.

Acidente fatal

Mulher morre em colisão entre motocicleta e carro no centro de Araguaína

O acidente ocorreu na esquina da Avenida Castelo Branco com a rua Rui Barbosa. A mulher morreu na hora.

Em Araguaína

Em vídeo, mulher desmente boato que viralizou nas redes sociais em Araguaína

Um áudio afirmava que a mulher simulava pedir esmola para dois homens armados assaltar os moradores.

Crime bárbaro

Acusado de matar homem e comer fígado assado é condenado a 12 anos em Palmas

O crime ocorreu em agosto de 2011, na Colônia de Pescadores do Setor Taquari, nas proximidades do Lago de Palmas.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.