Lajeado (TO)

Agressor de cadela com marretadas joga tinta vermelha para disfarçar sangramento

O suspeito de 55 anos disse que estava embriagado e que se arrependeu.

Por Redação 1.035
Comentários (0)

07/12/2018 14h18 - Atualizado há 3 dias
Agressor jogou tinta para esconder os ferimentos do animal (Crédito: Talita Portilho/Divulgação)

Uma cena revoltante de maus-tratos a animais foi registrada nesta quinta-feira (6) em Lajeado, região central do Tocantins, a 50 km de Palmas. 

Um homem agrediu uma cadela com marretadas na cabeça e o animal foi socorrido desmaiado. Segundo a polícia, para disfarçar o sangramento, o agressor ainda jogou tinta vermelha no animal. O suspeito confessou as agressões, mas foi liberado da delegacia. 

A cadela foi resgatada pela estudante Talita Portilho, que é vizinha do suspeito e foi ao local depois de ouvir os gritos. Talita denunciou os maus-tratos e disse que, quando ameaçou chamar a polícia, o homem jogou tinta vermelha no animal. A estudante disse que o cão estava ensanguentado e chegou a desmaiar.

O suspeito de 55 anos foi levado para a delegacia de Miracema, confessou a agressão, mas disse que estava embriagado e se arrependeu. Ele vai responder pelo crime em liberdade.

Um veterinário prestou os primeiros socorros, mas por causa da gravidade, a cadela vai ser levada para uma clínica veterinária de Palmas. A jovem disse que vai precisar de doações para arcar com o tratamento e o animal vai ficar disponível para adoção. (Com informações do G1).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.