100 carros populares

Aluguel de dois veículos custa R$ 4 milhões por ano na Capital do Tocantins, diz TCE

Por Redação AF
Comentários (0)

11/08/2017 10h13 - Atualizado há 2 meses
O Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO) recomendou a suspensão do 9º termo de aditivo de um contrato firmado pela prefeitura de Palmas com a empresa Marca Representações Comerciais Ltda, para locação de veículos automotores. O TCE ainda recomendou a suspensão de qualquer pagamento à empresa. O despacho foi publicado no Boletim Oficial, da última terça-feira (8), pela Sexta Relatoria do TCE, dando um prazo de 48 horas para o prefeito suspender o contrato nº 8/2014. Um dos pontos que chamou muita atenção na análise preliminar do contrato trata da inclusão de dois veículos tipo pick-up, modelo L200 Triton, no valor mensal R$ 338 mil, sendo um total anual de R$ 4 milhões. O valor é suficiente para comprar 100 carros populares. "Verificamos a existência de possíveis incongruências de natureza grave em face do Decreto Federal nº 7.892/2013, que regulamenta o Sistema de Registro de Preço", destaca o despacho do TCE. O contrato em questão é originário do procedimento 'carona' do Pregão Presencial do município de Porto Nacional. O Despacho ressalta que a prefeitura de Palmas aditivou o contrato por nove vezes consecutivas, que em tese, excederia em mais de 100% dos quantitativos dos itens registrados na Ata, contrariando o artigo 22, do Decreto Federal. Também não foi demonstrado, por meio de pesquisa de mercado, que a adesão ao registro de preços da prefeitura de Porto não atende os princípios gerais e específicos da administração pública, em especial da moralidade, vantajosidade e competitividade. O Despacho também relata a ausência de cláusula que mencione que a empresa contratada ficaria responsável pelo pagamento do IPVA e DPVAT. "Sendo que caso a prefeitura tenha efetuado os referidos pagamentos, há possível dano ao erário", pontuou o relator Alberto Sevilha. A Prefeitura de Palmas tem o prazo de 15 dias, o direito à ampla defesa, para que apresente ao TCE/TO documentos, esclarecimentos e justificativas dos pontos mencionados no referido Despacho.

Comentários (0)

Mais Notícias

Perigo

Crianças são arrastadas por enxurrada enquanto banhavam em córrego de Palmas

Os garotos tomavam banho no córrego quando foram surpreendidos pela força da água.

Engavetamento

Ônibus perde freios e provoca engavetamento na principal avenida de Araguaína

O engavetamento envolveu um ônibus, um veículo de passeio e um caminhão de pequeno porte.

Ipueiras (TO)

Ex-prefeito é denunciado por não repassar empréstimos consignados aos bancos

Dezenas de funcionários foram lesados e tiveram seus nomes negativados no SPC/Serasa.

Caso Gislane

Mulher é presa suspeita de encomendar morte de jovem por ciúmes do namorado

A PM prendeu Marcela ainda dentro do ônibus quando chegava a cidade de Cristalândia

Animal Silvestre

Tamanduá-bandeira é capturado dentro de casa em Araguaína e solto na natureza

O animal foi colocado numa gaiola e solto em uma área verde próximo à cidade.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.