Bons exemplos

'Cheguei a chorar', diz mulher que deixou bilhete em UBS de Araguaína após atendimento

'Cheguei a chorar depois de ver o carinho e atenção', disse paciente.

Por Redação 4.242
Comentários (0)

14/08/2020 09h51 - Atualizado há 1 mês
Bilhete de agradecimento

Reconhecimento por meio de um bilhete foi a forma que a professora Dilma Maria Pereira dos Santos, de 61 anos, encontrou para agradecer a atenção dada a ela na Unidade Básica de Saúde (UBS) José de Souza Rezende, no Setor Alto Bonito, em Araguaína.  

A unidade é uma das quatro referenciais no atendimento a pacientes com sintomas da covid-19 e foi exatamente por apresentar sintomas da doença que a professora decidiu procurar atendimento no local. 

Esta foi a primeira vez que procurei uma UBS. Antes, eu tinha plano de saúde e fui assustada de tanto ouvir falar do atendimento público, mas cheguei a chorar depois de ver e sentir na pele o carinho e atenção daqueles profissionais. Quanta ternura! Quanto compromisso! Escrevi esse bilhete singelo só que cheio de gratidão por tudo que fizeram por mim diante do que sentia”, contou a professora.

Ao chegar, Dilma passou pela triagem, onde relatou os sintomas. Após um tempo de espera, foi avaliada pelo médico e encaminhada para a testagem, fez o teste rápido de resultado imediato e liberada para cumprir o isolamento e seguir o protocolo de medicação. 

Eu tinha feito um teste rápido em uma clínica particular que havia dado negativo, mas algo me pedia para procurar uma unidade de saúde”, destacou Dilma. 

Gratidão dos servidores 

A equipe da unidade foi só felicidade ao receber o carinho em forma de bilhete. A coordenadora da UBS destacou o empenho de todos os profissionais no atendimento aos pacientes. 

Nos sentimos lisonjeados com a satisfação dos nossos pacientes. É um sinal de que estamos no caminho certo. Somos gratos a Deus por nos dar a chance de levar atendimento humanizado e de qualidade aos que necessitam nesse momento. Esse reconhecimento nos motiva a continuar firmes na missão”, disse a coordenadora da UBS, enfermeira Lana Dercya. 

Desde que se tornou referência no atendimento a pessoas suspeitas da Covid-19, a UBS José Rezende, assim como as demais, foi readequada e os profissionais capacitados. Para evitar aglomerações e o contato entre pacientes em espera, as cadeiras foram colocadas fora da unidade, protegidas por uma tenda. 

UBS referência  

As quatro UBS referência no atendimento exclusivo à covid-19 são Alto Bonito (José Rezende), JK (UBS JK), Setor Couto (Albeny Soares) e Setor Maracanã (Dr. Raimundo Gomes Marinho). 

Deve procurar uma das UBS referência a pessoa com sintomas leves, como febre até 38 graus, tosse, dor de garganta, perda de paladar e olfato e coriza. Esse paciente passará pelo atendimento médico e será orientando sobre o isolamento social por 14 dias. Caso necessário, conforme avaliação do profissional, será realizado o teste para confirmação ou não da doença. 

Quem apresentar sintomas mais graves, como febre acima dos 38 graus, tosse com ou sem catarro, dor no peito e nas costas, dores de cabeça, dificuldade de respiração e cansaço deve procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no Setor Araguaína Sul. 

(Adriana Santana)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.