ATENÇÃO

Com a maior cheia dos últimos 20 anos, nível do Rio Tocantins segue em alerta máximo

Defesa Civil está monitorando 32 municípios em todo o estado.

Por Joselita Matos | Conteúdo AF Notícias 1.254
Comentários (0)

12/01/2022 16h01 - Atualizado há 4 meses
Pessoas sendo retiradas de áreas de alagamento.

A Prefeitura de Miracema do Tocantins, em conjunto com a Defesa Civil, emitiu outro alerta, nesta quarta-feira (12/11), em razão do aumento significativo da vazão na Usina Hidrelétrica de Lajeado, o maior já registrado até o momento (18.029 metros cúbicos por segundo).

Devido ao grande volume de chuvas e, consequentemente, com mais água sendo liberada pelas comportas da usina, o nível do Rio Tocantins poderá subir de forma significativa.

O alerta cita alto risco de alagamentos em áreas urbana e rural, e orienta que a população evite locais ribeirinhos e mais baixos que possam ser alcançados pelo nível da água rapidamente. Para tranquilizar a população, a prefeitura afirmou que não há risco de rompimento da barragem.

O Rio Tocantins está com a maior cheia dos últimos 20 anos. Em Marabá (PA), o nível da água chegou a 12,13 metros. As informações são do Climatempo.

Todo o Tocantins está em alerta para risco de temporais e chuvas intensas até as 11 horas desta quinta-feira (13/01). A chuva pode vir acompanhada de ventos intensos (60-100 km/h) e há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

VEJA TAMBÉM

SITUAÇÃO NO TOCANTINS

De acordo com o boletim da Defesa Civil divulgado nesta quarta-feira (12), o número de pessoas desalojadas subiu para 1.343 em 17 cidades, a maioria na região do Bico do Papagaio (Araguanã, Axixá do Tocantins, Dois Irmãos, Esperantina, Lajeado, Paranã, Rio dos Bois; Pedro Afonso; Tupirama; Tupiratins; Palmeirante; Bom Jesus; São Sebastião; São Miguel; São Sebastião, Sampaio e Itaguatins).

O número de desabrigados segue estável: 543 pessoas que estão em abrigos públicos nas seguintes cidades de Araguanã, Formoso do Araguaia, Itaguatins, São Miguel, Rio dos Bois e Pedro Afonso.

Seis municípios estão com equipes do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil atuando nesta quarta-feira nas regiões do Bico, Centro-Norte, Região Central, Sudeste e Sudoeste, mas com possibilidade de atender municípios vizinhos (para a região do Bico do Papagaio)

Ainda segundo a Defesa Civil, 32 municípios estão sendo acompanhados mais de perto pelas equipes, mas o monitoramento abrange todas as regiões com problemas em razão das enchentes e inundações.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.