Referente a 2017

Governo propõe pagamento da data-base aos servidores a partir de 2018; SEET lamenta

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

17/06/2017 08h23 - Atualizado há 2 meses
O Governo do Tocantins apresentou aos sindicatos proposta de pagamento da data-base de 2017 dos servidores públicos, com o índice de 3,98%, somente a partir de janeiro de 2018. A informação é do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem do Estado do Tocantins (SEET). O governo alega falta de condições financeiras no atual momento para o cumprimento imediato do percentual de correção anual, com base do INPC dos últimos doze meses. Nesta sexta-feira (16), o presidente do SEET, Claudean Pereira, juntamente com outros sindicatos representantes dos servidores, estiveram reunidos para deliberarem os próximos encaminhamentos do cumprimento do data-base. No último dia 13, os líderes sindicais já tinham se reunido com o secretário de Articulação Política, João Emídio, e o da Administração, Geferson Barros. Em maio, as entidades classistas enviaram ofício ao secretário Geferson Barros cobrando a imediata implementação da data-base ainda na folha daquele mês. Porém, a Secretaria da Administração alegou que, no momento, o Governo não tem condições financeiras para cumprir de imediato o percentual. Segundo o ofício, o Governo estuda o implemento integral deste percentual em janeiro de 2018. O presidente do SEET lamentou a previsão de pagamento. "Com todo esse atraso da implementação, é lamentável que o Governo ainda não se posicionou a favor da categoria, sem nenhuma resposta concreta e plausível iremos cobrar até que os direitos sejam estabelecidos", afirmou Claudean Pereira. Em outro ofício, Governo afirmou que o impacto causado com o reajuste seria de mais de R$ 10 milhões na folha de pagamento, o que representa um acréscimo de 2,59% nas despesas do Executivo. O Governo disse ainda que tem realizado estudos para implementação das progressões funcionais de 2015, mas sem data prevista, e encerra dizendo que o único compromisso a ser cumprido dentro da disponibilidade financeira do Estado é o pagamento da folha de subsídios e vencimentos e o cumprimento da data-base 2016, como vem sendo feito. Posicionamento do Sintet Indignado, o presidente do Sintet, José Roque Santiago, afirmou que já conversou com os representantes dos demais sindicatos e que juntos vão discutir e formular um documento contrapondo o governo e cobrando a implementação imediata da data-base de 2017, dos retroativos e das progressões. “Não vamos recuar a luta, precisamos da união da categoria para mais este enfrentamento contra o descaso do governo para com a classe trabalhadora desse Estado”, pontuou José Roque.

Comentários (0)

Mais Notícias

Fique atento

Agendamento de consultas pelo 0800 sofre mudanças em Araguaína; confira

 As mudanças no agendamento visam ampliar a capacidade de atendimentos por dia por meio da organização.

Feira

Feira do Jovem Empreendedor vende produtos de R$ 2 até R$ 20 em Araguaína

O objetivo do evento é desenvolver nos jovens estudantes o empreendedorismo na prática.

Concurso Público

Confira seis concursos públicos que devem ser realizados em 2019 no Tocantins

Previsões de concursos públicos estão na Lei nº 2.408, de 16 de novembro de 2018.

Emprego

Sine de Araguaína oferta vagas para engenheiro, farmacêutico e churrasqueiro

Há oportunidades para diversas áreas de atuação em todos os níveis de escolaridade.

LUTO

Corpo de menino de dois anos que morreu afogado é enterrado em Tocantínia

O garoto foi socorrido com vida, encaminhado ao Hospital Regional de Miracema, mas não resistiu.

Palmas

BMW fica completamente destruída após pegar fogo na Avenida Teotônio Segurado

A BMW ficou completamente destruída após o incêndio. Ninguém ficou ferido.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.