Na zona vermelha

Governo volta a extrapolar limite de gastos com pessoal e atinge 49,31% da receita líquida

Por Redação AF
Comentários (0)

02/06/2017 08h06 - Atualizado há 1 mês
O Tocantins voltou a entrar na zona vermelha ao extrapolar, novamente, o limite prudencial de gastos com pessoal. Os números dos relatórios do 1º Quadrimestre de 2017 mostram que o Poder Executivo gastou 49,31% da Receita Corrente Líquida (RCL) com pessoal no período de maio de 2016 a abril deste ano, que corresponde a um montante de R$ 3,6 bilhões. A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) estabelece que o limite máximo é 49%, ficando dentro do limite prudencial, que já prevê medidas para o Poder Público de redução da folha. O governo do Estado havia fechado o ano de 2016 dentro do limite prudencial com percentual de 48,34% da RCL destinada à folha. Com esse fantasma de volta, o governador Marcelo Miranda (PMDB) também volta com o discurso que já é uma marca da sua gestão: contenção de despesas. As receitas apuradas até abril desse ano ainda ficaram abaixo do esperado. Com isso, o governador determinou o contingenciamento de R$ 121,9 milhões, sendo R$ 30,1 milhões da saúde e quase R$ 10 milhões da educação. O Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa e Ministério Público Estadual continuam dentro do limite prudencial da LRF com gasto com pessoal, ficando abaixo do limite legal. Respectivamente, os poderes e órgãos gastaram 5,33%, 1,67% e 1,73% da RCL com folha de pagamento. As informações são do Jornal do Tocantins.

Comentários (0)

Mais Notícias

ASTT

Mais de 220 veículos apreendidos em Araguaína serão leiloados em novembro

Segundo o edital, todos os veículos estão na modalidade circulação e foram recolhidos durante operações de fiscalização.

Protesto

Moradores plantam pés de banana no meio de rua esburacada no norte do Estado

Moradores também reclamaram do atraso nas obras de pavimentação.

Trânsito

Acidente em rotatória mata jovem e deixa outro gravemente ferido em Palmas

Moradores reclamam que não há iluminação e a sinalização é precária na rotatória.

Notícias falsas

TSE vai anunciar medidas contra fake news após tensão entre Haddad e Bolsonaro

A semana que passou foi tensa, pois Haddad acusou Bolsonaro de estar por trás do esquema.

Concurso PM

Por requisição do MPE, PM vai apurar falhas no concurso para soldado e oficial

Cerca de 16 candidatos são acusados de fraudar as provas para o concurso da PM do Tocantins

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.