Saúde pública

Mutirões de cirurgias inclusive nos feriados e madrugada para atender 5.547 pessoas

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

05/04/2018 14h24 - Atualizado há 1 mês
O Governo o Estado quer colocar em prática vários mutirões de procedimentos cirúrgicos eletivos para atender aproximadamente 6 mil pessoas que estão na fila de espera no Tocantins. As ações devem ocorrer dentro do programa Opera Tocantins, anunciado na manhã desta quinta-feira (05) pelo governador interino Mauro Carlesse (PHS), e que faz parte do Programa de Aprimoramento da Gestão Hospitalar. A Medida Provisória instituindo o programa foi assinada durante visita às obras da unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Geral de Palmas (HGP), ocorrida na manhã desta quinta-feira. O governador destacou que o poder público tem a obrigação de atender bem as pessoas que precisam dos serviços de saúde. “Temos que ter respeito pelas pessoas que procuram atendimentos de saúde. A partir de agora podemos dizer que juntos vamos mudar a realidade desse setor no Estado. Essa falta de remédios e de compromisso tem que acabar, porque quem vai ao hospital não vai passear e tem que ser bem assistido e com rapidez”, salientou. Os procedimentos serão realizadas nas 18 unidades hospitalares do Tocantins e concentrados em dias específicos e fora dos horários rotineiros de trabalho, aos sábados, domingos, feriados e dias de ponto facultativo. Durante a semana, ocorrerão no período noturno/madrugada, não podendo ocorrer na jornada ordinária nem em jornada adicional de hora extra de trabalho. Mauro Carlesse destacou que a ideia é que, nos próximos 45 dias, seja possível atender a maioria das pessoas. “O Governo está sensível a isso e essas medidas são apenas o início de muitas outras notícias positivas que pretendemos anunciar para a área”, afirmou o governador. O titular da Secretaria de Saúde, Renato Jayme, explicou que o programa faz parte da modernização da gestão da saúde e representa um desejo da sociedade que clama por atendimento. “Nossa maior preocupação é reduzir as filas e levar para a população um atendimento rápido e eficaz naquilo que o cidadão precisa. Quem sofre com algum problema de saúde ou precisa realizar uma cirurgia não tem tempo para esperar”, reforçou. Especialidades Ao todo, a fila de espera por cirurgias eletivas conta com 5.547 pessoas. A especialidade com maior demanda é a Geral, com 1.669 pessoas. Em seguida, Ortopedia (1.035); Ginecologia (714), Cabeça e Pescoço (529), Urologia (438), Vascular (87), Mastologia (37), Otorrino (28), Plástica (24); Pedriatria (984); Oncologia e Outros (2).

Comentários (0)

Mais Notícias

ASTT

Mais de 220 veículos apreendidos em Araguaína serão leiloados em novembro

Segundo o edital, todos os veículos estão na modalidade circulação e foram recolhidos durante operações de fiscalização.

Protesto

Moradores plantam pés de banana no meio de rua esburacada no norte do Estado

Moradores também reclamaram do atraso nas obras de pavimentação.

Trânsito

Acidente em rotatória mata jovem e deixa outro gravemente ferido em Palmas

Moradores reclamam que não há iluminação e a sinalização é precária na rotatória.

Notícias falsas

TSE vai anunciar medidas contra fake news após tensão entre Haddad e Bolsonaro

A semana que passou foi tensa, pois Haddad acusou Bolsonaro de estar por trás do esquema.

Concurso PM

Por requisição do MPE, PM vai apurar falhas no concurso para soldado e oficial

Cerca de 16 candidatos são acusados de fraudar as provas para o concurso da PM do Tocantins

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.