Saúde

Prefeitura cede UPA ao Hospital de Amor e transfere pacientes com covid-19 em Araguaína

Transferência foi realizada com o auxílio da Unidade Avançada do Samu.

Por Redação 788
Comentários (0)

18/11/2020 08h32 - Atualizado há 2 semanas
Paciente sendo transferido

Os pacientes internados no Hospital de Campanha de Araguaína foram transferidos nesta terça-feira (17) para a nova unidade do Hospital Municipal de Araguaína, que atualmente está funcionando exclusivamente para o atendimento de pacientes com a covid-19.

A transferência foi realizada com o auxílio da Unidade Avançada do Samu, para garantir a saúde e segurança dos pacientes durante o trajeto. O novo prédio conta atualmente com 10 leitos em unidade de terapia intensiva (UTI) e 30 leitos clínicos, com capacidade de ampliação para até 60 leitos.

Com essa mudança, os pacientes com covid-19 em tratamento poderão contar com uma unidade moderna e todo o serviço de atendimento centralizado. A unidade da Vila Norte será cedida ao Hospital do Câncer de Barretos para implantação de um centro de prevenção ao câncer”, explicou a secretária municipal da saúde, Ana Paula Abadia.

Na nova Unidade Covid, os leitos estão equipados com ventiladores pulmonares, equipamentos de monitoramento das funções vitais dos pacientes, oxímetros e bombas de infusão. Ao todo 100 profissionais compõem a equipe que atua na unidade, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeuta, farmacêutico, bioquímico, entre outros.

A operação do local será gerenciada pelo Instituto Saúde e Cidadania (ISAC), que já administra o Hospital Municipal de Campanha, Hospital Municipal Eduardo Medrado (HMEM) e Ambulatório Médico de Especialidades. 

Atendimento centralizado

O Hospital Covid localizado no Jardim das Flores também fará os primeiros atendimentos de urgência de casos suspeitos e confirmados de covid, retomando o funcionamento normal na Unidade Básica de Saúde que atualmente funciona como Unidade de Pronto Atendimento à covid. 

Em caso de aparecimento de sintomas leves, como febre até 38 graus, coriza, espirro e tosse seca, a população deve procurar uma das unidades básicas de saúde (UBS) de referência: Albeny Soares e José Rezende que continuarão funcionando. O paciente ainda pode entrar em contato com o médico pelo Telecovid 63 9105-3625. 

“A Unidade Covid será a única porta de entrada para atendimentos de emergência da covid-19. Assim, poderemos retomar a rotina na unidade de saúde que estava dando apoio ao combate da doença em Araguaína e garantir os tratamentos eletivos”, destacou a diretora geral do Hospital de Campanha, Maria Dulcimary Fonseca.

Obra completa

O recurso investido na construção da primeira etapa do Novo Hospital Municipal Eduardo Medrado foi de aproximadamente R$ 9 milhões, sendo 66% de contrapartida do Tesouro Municipal.

A obra completa terá um investimento total de mais de R$ 22,9 milhões e substituirá a atual unidade que funciona um prédio alugado.  Parte do investimento, R$ 19,3 milhões, são oriundos de emenda impositiva da bancada federal tocantinense e R$ 3,5 milhões do Tesouro Municipal.

A área será aproximadamente nove mil metros quadrados, com possibilidade de ampliação vertical no futuro, podendo chegar a mais de 15.000 m².

(Felipe Maranhão/Prefeitura de Araguaína)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.