Educação

Professora de Araguaína supera desafios e dá exemplo de criatividade em sala de aula

Ela é a representante de 1.409 profissionais da rede municipal no Dia dos Professores.

Por Redação 726
Comentários (0)

15/10/2021 07h02 - Atualizado há 1 mês
Elen trabalha com interdisciplinaridade

“Temos que motivar o aluno a pensar e agir para ser uma pessoa crítica que vai estar na nova geração e transformar a nossa sociedade. Somos nós que vamos auxiliar nessa formação”, afirmou a professora Elen Shery Silva Duarte, 33 anos, que é um exemplo de dedicação e criatividade.

Ela representa 1.409 profissionais da rede municipal de ensino de Araguaína no Dia dos Professores, comemorado nesta sexta-feira, 15 de outubro.

Elen passou por várias profissões até se descobrir como educadora após uma orientação da madrasta. “Concluí o magistério em 2006, amei o curso, já aceitei um emprego para dar aula e comecei no curso de pedagogia”, contou.

Em 2019, ela foi aprovada no concurso público de Araguaína e, em março deste ano, foi convocada para assumir o 1º ano da Escola Municipal Francisco Bueno de Freitas, no Setor Maracanã, durante as aulas não presenciais.

A certeza de que havia encontrado o que procurava veio do reconhecimento e afeto recíproco com os alunos. “Cada sorriso e quando dizem que amaram a aula são pequenos gestos que me fazem acreditar o quanto é importante esse ambiente para eles e se torna importante para mim, porque eu vejo que estou fazendo parte da vida deles”, relatou a professora.

Elen passou por várias profissões até se descobrir como educadora

Conteúdo para motivar

Parte do desafio atual da educação é superar as barreiras e os atrasos causados pela covid-19 e motivar os alunos e os pais. Para isso, a professora foi criativa antes mesmo do primeiro contato na sala de aula.

Eu vi que precisavam de mais informações para as atividades e comecei a fazer vídeos mais lúdicos, com edição. Quando iniciaram as aulas escalonadas, eles estavam loucos para virem para a escola”, lembrou.

Mesmo com o retorno escalonado e, recentemente, total das aulas presenciais, Elen manteve as atividades em parceria com os pais, com envio de vídeos didáticos. “Não sabiam formar as palavras, então propus um projeto de família silábica. Quem avançava ganhava algum mimo. Isso motivou os alunos a evoluírem e foi uma forma dos pais serem envolvidos no processo porque as crianças ficam pedindo para aprender”, disse.

Fazendo diferente

Elen conta que seu método trabalha a interdisciplinaridade para que, com atividades lúdicas, possa fazer os alunos entenderem a evolução do que aprenderam. “Uma disciplina está ligada na outra. Quando fazemos uma casinha com palitos, da matemática temos as formas geométricas e o número de palitos, das cores que usamos para pintar temos a arte, e ainda falamos da geografia, que é a moradia. Tudo isso em uma aula”, afirmou.

Professora em sala de aula

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.