Descaso do Governo do Estado

Profissionais da saúde trabalham três meses de graça nos hospitais esperando recontratação que não saiu

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

15/03/2016 17h00 - Atualizado há 1 mês
Da Redação // AF Notícias Os profissionais da saúde que estavam na equipe de apoio em diversos hospitais públicos do Tocantins, e que foram exonerados no ano passado, estão há quatro meses sem receber os direitos trabalhistas. Os contratos encerraram em outubro de 2015 e até agora o acerto não foi realizado pelo Governo do Estado. De acordo com uma denúncia feita ao Portal AF Notícias, os servidores, entre eles psicólogos, terapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos e assistentes sociais, tiveram os contratos rescindidos com a promessa de serem recontratados, mas não ocorreu. Conforme o relato, os diretores das unidades pediram a esses profissionais que ficassem trabalhando à espera da recontratação, que nunca saiu. “Trabalhamos novembro, dezembro e, em muitos casos, até o mês de janeiro e não fomos recontratados”, disse.  Apenas os médicos e enfermeiros teriam recebido normalmente, enquanto os demais ficaram no prejuízo. Os professores contratados que atuaram em sala de aula no ano passado também estão passando pelo mesmo problema e temem receber calote do Governo. O outro lado A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) informou, em nota, que está fazendo uma "força tarefa em conjunto com a Secretaria Estadual de Administração (Secad)" para efetuar os pagamentos devidos na próxima folha com vencimento em 12 de abril. O atraso, segundo a Sesau, ocorreu em virtude da "renovação dos contratos e consequente realização dos acertos necessários".

Comentários (0)

Mais Notícias

Em Araguaína

Concurso de decoração natalina premia com descontos de até 70% do IPTU

As inscrições são gratuitas e a decoração é livre, desde que remeta aos motivos natalinos.

Trânsito

Acidente em rotatória mata jovem e deixa outro gravemente ferido em Palmas

Moradores reclamam que não há iluminação e a sinalização é precária na rotatória.

Notícias falsas

TSE vai anunciar medidas contra fake news após tensão entre Haddad e Bolsonaro

A semana que passou foi tensa, pois Haddad acusou Bolsonaro de estar por trás do esquema.

Concurso PM

Por requisição do MPE, PM vai apurar falhas no concurso para soldado e oficial

Cerca de 16 candidatos são acusados de fraudar as provas para o concurso da PM do Tocantins

Educação

Quase 130 professores de Araguaína ganham progressões salariais na carreira

Os educadores que subiram de nível receberão aumento em seus salários a partir de fevereiro de 2019

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.