Rede privada

Profissionais de enfermagem da rede privada rejeitam aumento de carga horária e reajuste de apenas 6,5%

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

25/10/2016 11h00 - Atualizado há 1 mês
Os profissionais da enfermagem no Estado, da rede privada, rejeitam a proposta apresentada pelo Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Tocantins (SINDESSTO) referente a convenção coletiva de trabalho. Uma assembleia foi realizada no dia 21 de outubro. A categoria não aceitou o aumento da carga horária de 13 plantões mensais para 15 e o reajuste de 6,5% referente a data-base proposto pelo Sindessto. A categoria deliberou que a carga horária deverá permanecer conforme convenção anterior e que o reajuste da data-base terá que ser o índice do INPC apurado durante este período que foi de 9,15%. Com isso, o Sindicato dos Profissionais da Enfermagem no Estado do Tocantins (SEET) notificará o sindicato dos hospitais sobre a decisão da categoria, solicitando uma reunião para que possa dar andamento às negociações. Para o presidente do Seet, Claudean Pereira Lima, a proposta do Sindessto vem trazer prejuízos em vez de benefícios para a categoria. “O percentual oferecido pelo sindicato patronal está muito abaixo do índice inflacionário deste ano, por isso a categoria não aceitou, pois, este percentual não é reajuste, é simplesmente a inflação, ou seja, a perda do poder de compra do trabalhador. Além disso, querer aumentar a carga horária é um retrocesso que não podemos admitir”, pontou o presidente. (Assessoria -  SEET).

Comentários (0)

Mais Notícias

Outros 9 convocados

Amastha é convocado para depor dia 30 na CPI que investiga rombo no PreviPalmas

Os depoimentos estão marcados para os dias 30 deste mês e 6 de novembro.

Tocantins

MPE pede afastamento de prefeito por farra de contratações e gastos excessivos

O MPE requer ainda que seja determinada a redução de 20% nos gastos em 30 dias.

ASTT

Mais de 220 veículos apreendidos em Araguaína serão leiloados em novembro

Segundo o edital, todos os veículos estão na modalidade circulação e foram recolhidos durante operações de fiscalização.

Protesto

Moradores plantam pés de banana no meio de rua esburacada no norte do Estado

Moradores também reclamaram do atraso nas obras de pavimentação.

Trânsito

Acidente em rotatória mata jovem e deixa outro gravemente ferido em Palmas

Moradores reclamam que não há iluminação e a sinalização é precária na rotatória.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.