Moradia

Quase 500 famílias recebem títulos de regularização fundiária na região sul de Palmas

Foram beneficiados moradores dos Jardins Aurenys e das Arses.

Por Redação
Comentários (0)

26/05/2022 09h25 - Atualizado há 1 mês
Ação do Governo do Tocantins visa garantir o direito à moradia das famílias

O Governo do Estado promoveu a entrega de cerca de 500 títulos definitivos de propriedade urbanos aos moradores dos Jardins Aurenys I, II, III e IV, na região sul da Capital, e das Arses 112, 122 e 132. A solenidade foi realizada na Feira Coberta do Jardim Aureny I.

A iniciativa faz parte da política fundiária concebida pela atual gestão, que visa identificar os núcleos urbanos informais com o principal objetivo de desburocratizar o processo de regularização, criando celeridade nos atos administrativos e, consequentemente, a titulação e registro, que legitimam a posse dos imóveis.

A ação visa garantir o direito à moradia das famílias menos favorecidas que habitam áreas ainda não regularizadas em todo o Estado. “O documento da nossa casa é que dá mais segurança jurídica e dignidade, e o Governo do Tocantins vai continuar a oferecer à população serviços de qualidade. De posse do documento as pessoas podem contrair empréstimos e realizar melhorias, isso movimenta a economia do lugar. Eu estou muito feliz em poder proporcionar isso a cada família”, ressaltou o governador Wanderlei Barbosa. 

O trabalhador rural Arnaldo Coelho da Silva, de 62 anos, esperava a oportunidade de ter o título do seu imóvel há 21 anos, o sentimento é de satisfação. "Passei por muitas dificuldades, mas agora deu certo, é maravilhoso, porque agora posso fazer algumas melhorias na casa e até fazer um empréstimo. Então o sentimento é de felicidade, gratidão e segurança".

O mesmo sentimento foi compartilhado pela dona de casa Maria Pinto da Silva, de 62 anos, mãe de cinco filhos. Ela mora no imóvel desde 1998 e durante esse período afirmou que foram muitas as promessas de regularização, mas só agora isso se tornou realidade. "O sentimento é de felicidade e segurança, porque agora posso dizer que a casa é minha, porque o documento agora está em meu nome, ninguém toma", comemorou a dona de casa. 

Jacira Costa Rodrigues, de 59 anos, também demonstrou o mesmo sentimento e afirmou que pelas suas condições financeiras dificilmente poderia conseguir a escritura do seu imóvel. “Estou feliz, porque não tinha condições de pagar pelo documento, que esperava desde 1997. Criei meus filhos no mesmo local e agora com a graça de Deus e para alegria da minha família esse Governo nos concedeu esse documento”.

O presidente da Companhia Imobiliária de Participações, Investimentos e Parcerias, Aleandro Lacerda, destacou que a Tocantins Parcerias tem essa função estatutária de regularização fundiária e o governador Wanderlei Barbosa foi muito feliz em buscar parcerias com o Tribunal de Justiça para ampliar as ações em todo o Estado.

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.