Bronca da comunidade

Rua desaparece em meio ao mato e vala aberta pela enxurrada em setor de Araguaína

Uma moradora teve a casa invadida por uma enxurrada de lama.

Por Márcia Costa/Conteúdo AF Notícias 986
Comentários (0)

29/11/2021 14h00 - Atualizado há 1 mês
Veículos não conseguem trafegar pela rua

A Rua Uirapuru, no setor Maracanã, em Araguaína, já desapareceu em meio ao mato, buracos e valas abertas pela enxurrada. A via nunca recebeu pavimentação asfáltica e encontra-se totalmente intrafegável. Os moradores têm dificuldades de passar pelo local inclusive a pé.

O caminhão de coleta de lixo também deixou de passar pela rua e os moradores estão impedidos de terem acesso a serviços emergenciais, como de saúde e policial. “Aqui não passa nem ambulância, nem viatura da polícia, nem caminhão do lixo ou de entrega. Está um verdadeiro descaso”, afirmou o pedreiro Jairo Almeida.

Recentemente, o pedreiro presenciou a casa da sua mãe ser invadida pela enxurrada e, segundo ele, isso aconteceu por causa do problema da rua. “A rua possui muito mato e erosões, e quando a chuva vem provoca uma forte enxurrada, que chegou a invadir a residência da minha mãe”, relata.

Conforme os moradores, o problema só será resolvido de forma definitiva com a pavimentação asfáltica, um sonho antigo de quem mora na rua. Esse é o pedido que eles fazem à prefeitura.

VEJA OS VÍDEOS

Vídeo

 

Vídeo

O QUE DIZ A PREFEITURA

Procurada para comentar a situação da Rua Uirapuru, a Prefeitura de Araguaína disse que está buscando recursos para concluir a pavimentação no Setor Maracanã. Até a solução definitiva, a Rua Irapuru seguirá recebendo manutenções programadas.

Conforme a prefeitura, para agilizar os serviços relacionados à Secretaria da Infraestrutura, a comunidade deve entrar em contato com a secretaria, por meio do telefone 3412-7092.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.