Várias cidades

Seduc autoriza cursos técnicos em informática, enfermagem, turismo e agropecuária

Por Redação AF
Comentários (0)

02/03/2018 14h49 - Atualizado há 1 semana
A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) autorizou a abertura de sete novas turmas para cursos de Educação Profissional Técnica Integrada ao Ensino Médio e para o Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja). O curso técnico de Enfermagem, no Colégio Estadual Frederico Pedreira, em Palmas é ofertado na modalidade Proeja. Os demais cursos são profissionalizantes integrados ao ensino médio regular. Serão ofertados os cursos técnicos em Agropecuária e Enfermagem, no Colégio Estadual João Tavares Martins, em Araguaçu; técnico em Informática, na Escola Estadual Manuel Vicente de Souza, Augustinópolis; técnico em Guia de Turismo, no Colégio Estadual Odolfo Soares, em Ponte Alta do Tocantins; e os cursos técnicos em Informática e Enfermagem, no Centro de Ensino Médio Indígena Xerente (Cemix) Warã, de Tocantínia. Com a abertura das turmas, a Seduc atende à solicitação dessas comunidades e incentiva a formação profissional técnica, o que possibilitará o desenvolvimento das habilidades profissionais dos jovens para atuarem nos setores produtivos da região, além de potencializar a economia dos municípios contemplados. Cerca de 280 estudantes serão beneficiados com os cursos de formação. Os cursos terão duração de três anos, com uma carga horária total de 3.200 horas, na modalidade presencial. Proeja O Programa Nacional de Integração da Educação Básica com a Educação Profissional na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) visa oportunizar a jovens e adultos que não puderam cursar o ensino fundamental e/ou o ensino médio na idade regular, a conclusão da educação básica e profissionalização por meio de cursos de Educação de Jovens e Adultos com Educação Profissional. O Proeja foi instituído pelo Governo Federal em 2005 por meio do Decreto nº 5.478, de 24 de junho, em seguida substituído pelo Decreto nº 5.840, de 13 de julho de 2006, que introduz novas diretrizes e amplia a abrangência do primeiro, com a inclusão da oferta de cursos para o público do ensino fundamental da EJA.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.