Debate

SOMOS diz que Marcos Duarte não debate projetos e questiona afeição por homossexualidade

Há inúmeras pautas para serem levadas à Casa de Leis, afirma.

Por Redação 725
Comentários (0)

30/06/2022 15h37 - Atualizado há 1 mês
Coletivo Somos rebate postagem de presidente eleito da Câmara de Araguaína.

O Coletivo SOMOS criticou a nova postagem do presidente eleito da Câmara de Araguaína, vereador Marcos Duarte (Solidariedade), que, de acordo com o grupo, faz ataques diretos à comunidade LGBTQIA+ de Araguaína.

Para o ativista Edu Alves, também membro do Coletivo, existem inúmeras pautas em Araguaína que merecem maior visibilidade e defesa das parlamentares. “A gente que anda aqui em Araguaína, sabe do quanto é necessário debater pautas que de verdade são de interesse público. Quem aqui está satisfeito com o transporte público? Quem aqui que é PCD e está satisfeito com a acessibilidade? E as audiências públicas para debater o caos na saúde, a falta de investimento em cultura, defesa dos direitos dos animais e muitos outros? Será que precisamos levar uma lista para que o vereador se atente realmente a pautas sociais que estão batendo na porta do povo?”, declarou. 

Conforme o SOMOS, o vereador faz “alusão” a uma falácia sobre “ideologia de gênero”, o que na verdade só vem a afetar os profissionais da educação, que tanto precisam de investimento.

Quem minimamente conhece a realidade de uma sala de aula, principalmente em Araguaína, tem noção de que o que os professores precisam é de infraestrutura de qualidade, valorização salarial sem ser necessário paralisações. Sobre os alunos, além de uma qualidade alimentar, é necessário investimento em apoio psicológico/social para alunos e suas famílias. Esses dias uma escola de lá teve uma ameaça de massacre. O que o vereador e a Câmara está debatendo sobre isso? Nada. São muito bem pagos, mas ficam apenas em debates morais que não trazem benefício nenhum pra sociedade”, afirmou o membro do Coletivo Alexandre Peara.

Para a pesquisadora Thamires Lima, o vereador Marcos tem mostrado uma estranha afeição unicamente por temas que envolvem a homossexualidade. Ela destaca ainda que, além de estar buscando mídia, o mesmo parlamentar mostra não ter projetos para a cidade. 

Eu acredito que uma pessoa pode ter antipatia ou ódio contra pessoas diferentes por diversas razões: educação, crenças de qualquer tipo ou medo. Freud explica que determinadas aversões também podem ser produzidas pela repressão de certas pessoas de seus próprios desejos. Acredito que não seja essa a questão que envolve o Presidente, mas realmente a falta de trabalho efetivo para mostrar para os araguainenses, que estão sofrendo todos os dias quando precisam colocar gasolina, comprar um gás, ou simplesmente colocar comida no prato de suas famílias”, destacou.

Outra polêmica da Câmara de Araguaína, que tem assumido diversas manchetes na mídia de forma negativa, foi o comentário considerado racista feito na última semana pelo mesmo vereador. Ele foi denunciado pelo Coletivo SOMOS no Ministério Público. Já no início do ano, três parlamentares, incluído novamente Marcos Duarte, foram denunciados ao órgão fiscalizador por homofobia.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.