STF suspende todas as liminares que restabeleciam promoções aos PM's e bombeiros do Tocantins

Por Redação AF
Comentários (0)

11/11/2015 16h10 - Atualizado há 2 meses
STF
Da Redação Portal AF Notícias O Procurador-Geral do Estado, Sérgio do Valle, divulgou nota à imprensa nesta quarta-feira (11), informando que o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu liminar suspendendo as promoções de policiais militares e bombeiros do Tocantins. O Procurador lembra, na nota, que no início do ano, o “Estado editou decretos reconhecendo as nulidades das promoções”. No entanto, militares e bombeiros recorreram à justiça com ações na tentativa de desconstituir os decretos. “Mesmo com o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) reconhecendo a inconstitucionalidade das leis que embasaram as ilegais promoções, em algumas ações ainda permaneciam os julgadores exigindo que fossem mantidas as ilegais promoções, inclusive com o pagamento imediato de todos os retroativos decorrentes dos atos ilegais”, disse o Procurador. As promoções e qualquer pagamento decorrentes delas foram suspensas até o julgamento final das mencionadas ADIs com a decisão do STF. Confira a nota na íntegra "Sobre a Liminar deferida na Suspensão de Segurança 5072 que tramita no Supremo Tribunal Federal, informamos o seguinte: No início do ano de 2015, diante da flagrante inconstitucionalidade das leis que garantiram promoções aos militares e bombeiros, o governo do Estado editou decretos reconhecendo a nulidade das promoções, ingressando também com Ações Diretas de Inconstitucionalidade. Alguns militares e bombeiros, individualmente ou através de associações, ingressaram em juízo com ações tentando desconstituir os decretos editados. Algumas liminares foram deferidas tanto pelos juízes de primeiro grau quanto por alguns Desembargadores do Tribunal de Justiça. Mesmo com o julgamento da ADI reconhecendo a inconstitucionalidade das leis que embasaram as ilegais promoções, em algumas ações ainda permaneciam os julgadores exigindo que fossem mantidas as ilegais promoções, inclusive com o pagamento imediato de todos os retroativos decorrentes dos atos ilegais. A liminar deferida pelo Supremo Tribunal Federal na SS 5072 suspende, além das promoções já reconhecidas como inconstitucionais pelo Tribunal de Justiça, qualquer pagamento delas decorrente, até o julgamento final das mencionadas ações".
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

Feira

Feira do Jovem Empreendedor vende produtos de R$ 2 até R$ 20 em Araguaína

O objetivo do evento é desenvolver nos jovens estudantes o empreendedorismo na prática.

Concurso Público

Confira seis concursos públicos que devem ser realizados em 2019 no Tocantins

Previsões de concursos públicos estão na Lei nº 2.408, de 16 de novembro de 2018.

Emprego

Sine de Araguaína oferta vagas para engenheiro, farmacêutico e churrasqueiro

Há oportunidades para diversas áreas de atuação em todos os níveis de escolaridade.

LUTO

Corpo de menino de dois anos que morreu afogado é enterrado em Tocantínia

O garoto foi socorrido com vida, encaminhado ao Hospital Regional de Miracema, mas não resistiu.

Palmas

BMW fica completamente destruída após pegar fogo na Avenida Teotônio Segurado

A BMW ficou completamente destruída após o incêndio. Ninguém ficou ferido.

Violência

Adolescente de 15 anos é morto com três tiros durante assalto no sul do Estado

O menor foi atingido por três disparos na cabeça e no tórax.

Acidente

Mulher tem perna esmagada por veículo após acidente em cruzamento de Palmas

Testemunhas disseram que a motociclista tentou atravessar a Teotônio quando foi atingida

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.