Suspenso

Justiça Federal suspende temporariamente concurso da PRF com 500 vagas no Brasil

Ao todo, foram ofertadas 500 vagas com salário inicial de R$ 9,8 mil. 4,1 mil candidatos se inscreveram no Tocantins para disputar 25 vagas.

Por Nielcem Fernandes 1.434
Comentários (0)

21/02/2019 11h41 - Atualizado há 2 semanas
A decisão frustrou grande parte dos mais de 129 mil inscritos que aguardavam o resultado final

O concurso público da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi temporariamente suspenso após decisão da 2ª Vara Federal da Seção Judiciária do Ceará.

A motivação para a suspenção temporária do certame partiu de uma ação popular movida por alguns candidatos que solicitaram a ampliação dos locais de provas, pois o edital previa que os inscritos só poderiam realizar esta etapa nos locais onde optaram por sua lotação.

Segundo argumentado na ação popular, tal postura é restritiva e fere o principio constitucional da isonomia.

O Centro de Seleção e de Promoções de Eventos da Universidade de Brasília (Cesp/UNB), banca organizadora do certame, publicou nota informando sobre a suspenção do concurso.

As provas do certame foram aplicadas no início de janeiro deste ano e a expectativa por parte dos mais de 129 mil inscritos para publicação do resultado, que estava prevista para a noite dessa quarta-feira (20), foi frustrada e não tem data prevista.

Ao todo, foram ofertadas 500 vagas com salário inicial de R$ 9,8 mil. 4,1 mil candidatos se inscreveram no Tocantins para disputar 25 vagas.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.