Dados do Caged

Araguaína gerou 13 vezes mais empregos formais que Palmas, diz candidato Alan Barbiero

O candidato disse que a Capital não tem planejamento para geração de empregos.

Por Redação
Comentários (0)

10/10/2020 20h59 - Atualizado há 1 mês
Araguaína é considerada a Capital Econômica do Tocantins

Dados do Caged (cadastro Geral de Empregados e Desempregados) mostram que nos anos de 2018, 2019 e 2020 (até o mês de agosto) Araguaína teve saldo positivo de geração de empregos formais 13,5 vezes superior ao de Palmas no mesmo período.

Para o candidato a prefeito do Podemos, Alan Barbiero, os números a falta de planejamento sério para a geração de empregos na Capital e, por outro lado, destacam o trabalho da gestão de Ronaldo Dimas em Araguaína, que também é do Podemos.

Conforme os números, nos últimos 32 meses o saldo positivo de empregos em Araguaína é 1.972, enquanto que em Palmas o número é de apenas 146. “Como pode, no mesmo Estado, Araguaína ter números tão superiores no mesmo período. Palmas é a Capital do Tocantins e possuí 100 mil habitantes a mais, o que deveria facilitar no desenvolvimento da economia. No entanto, há uma clara mostra que a gestão municipal não faz a sua parte”, ressaltou Alan Barbiero.

Conforme o professor Waldecy Rodrigues, que é coordenador da área econômica do Podemos em Palmas, a diferença se torna ainda mais gritante quando é levada em conta a arrecadação dos dois municípios no período.

Durante os 32 meses, dados do Portal da Transparência das duas prefeituras mostram que Palmas teve uma receita total de R$ 3,52 bilhões, enquanto Araguaína contou com R$ 1,29 bilhão.

“Não foi por falta de dinheiro na Capital que mais e melhores empregos foram gerados. São necessárias ter políticas públicas mais inteligentes e criativas para atrair novas empresas e facilitar os novos investimentos e também valorizar os empreendedores que já estão em Palmas. Mesmo a Capital tendo quase três vezes mais dinheiro que Araguaína, infelizmente não logrou tanto êxito quanto poderia chegar na política de emprego e renda, o que foi melhor executado em Araguaína, pois os números confirmam tal fato”, ressaltou Waldecy Rodrigues.

Projetos

Alan Barbiero disse que pretende tornar Palmas um centro de referência brasileiro de aquicultura e pesca; implantar e fortalecer cooperativas para gerar oportunidades de trabalho, relacionadas à piscicultura, reciclagem, cuidado de idosos, turismo e agricultura familiar, com a prefeitura garantindo parte da compra da produção para estimular o desenvolvimento local; apoiar a criação de cooperativas para inclusão de pessoas especiais no mercado de trabalho, tais como autistas, cegos, surdos entre outros; ampliar a cobertura dos programas de formação continuada, qualificação profissional e inserção no mundo do trabalho, especialmente para os jovens rurais e aqueles expostos aos maiores riscos sociais com vistas no empreendedorismo (Jovem Empreendedor) e apoiar as iniciativas individuais e coletivas dos jovens empreendedores e promover a Economia Solidária.

O candidato também prometeu uma reforma tributária para estimular a atividade empresarial e a justiça social e criar um programa para isenção de até 90% do IPTU para todas as empresas que foram afetadas pelos decretos restritivos durante a pandemia.

“Outro ponto importante será o papel do poder público de facilitar e apoiar os empreendedores, reduzindo as burocracias e fortalecendo as iniciativas locais. Iremos regulamentar a Lei Federal 13.874, que simplifica a abertura de novas empresas, alvarás de funcionamento e outros”, frisou Alan Barbiero, ao se referir a Lei da Liberdade Econômica. Em Araguaína, essa regulamentação ajudou a mais do que dobrar a quantidade de aberturas de pequenas empresas por ano.

Serviço

Saldo positivo de empregos de janeiro de 2018 até agosto de 2020

Araguaína: 1.972

Palmas: 146

Fonte: Caged

 

Arrecadação total de janeiro de 2018 a agosto de 2020

Araguaína: R$ 1.295.211.053,91

Palmas: R$ 3.529.795.793,33

 

Detalhes

- Quantidade de empregos formais gerados em Araguaína no período é 13,5 vezes maior que em Palmas

- Arrecadação municipal de Palmas no período é 2,7 vezes maior que a de Araguaína

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.