Guerra judicial

Justiça manda Amastha retirar postagem contra Cinthia sob pena de multa de R$ 5 mil

A representação foi movida pelo jurídico da prefeita e candidata à reeleição.

Por Redação 843
Comentários (0)

17/09/2020 10h53 - Atualizado há 1 mês
Amastha e Cinthia eram aliados políticos, prefeito e vice eleitos em 2016

Em decisão liminar, a Justiça Eleitoral determinou a remoção de mensagem considerada como conteúdo inverídico – fake news – contra a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB). A postagem no Instagram foi feita pelo ex-prefeito Carlos Amastha (PSB) e o candidato a vereador Fred Lustosa.

O juiz eleitoral Lauro Augusto Moreira Maia determinou ao candidato a vereador a imediata remoção da postagem, sob pena de multa de R$ 2 mil. Para Amastha, que publicou a mensagem no storie, mas já saiu, foi alertado que se veicular novas publicações com o mesmo teor será multado em R$ 5 mil.

A decisão proferida na tarde desta quarta-feira (16) e manda oficiar o Facebook, proprietário do Instagram, para que remova a postagem, caso não seja removida pelo usuário. A Justiça Eleitora ainda analisará o mérito da representação feita pelo PSDB por propaganda eleitoral antecipada.

Conforme a representação, o ex-prefeito postou a mensagem "Parabéns Cinthia Ribeiro, você conseguiu! Deixou milhares de cidadãos desempregados, agora eles vendem seu voto mais barato. Traidora de Palmas!!”, acompanhada de uma ilustração que consistiria em montagem de foto tirada em outra localidade (provavelmente em Brasília-DF), na qual aparece um cidadão com uma faixa grafada com os seguintes dizeres: “Por favor, me ajude. Preciso de um emprego”, pretendendo fazer acreditar que o local da foto fosse em Palmas.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.