Corrida ao governo

No sudeste, Dimas defende candidaturas regionais e R$ 300 milhões/ano para municípios

Cidade polo como Dianópolis teria ao menos R$ 5 milhões para investimentos.

Por Redação 567
Comentários (0)

17/06/2022 08h30 - Atualizado há 1 semana
Dimas visitou religiosos, líderes locais e concedeu entrevista a uma rádio local

O pré-candidato a governador Ronaldo Dimas (PL) cumpriu agenda em Dianópolis, no Sudeste do Tocantins, ao lado do vereador e pré-candidato a deputado federal Júnior Trindade (Podemos). Dimas participou do evento de lançamento da pré-candidatura de Trindade e defendeu a necessidade de a região Sudeste do Estado voltar a ter, após muitos anos, um representante no Congresso Nacional.

“Um deputado federal tem condições de destinar mais de R$ 30 milhões por ano em emendas impositivas. A diferença que parte deste dinheiro fará aqui em Dianópolis e no Sudeste do Tocantins é enorme”, destacou Dimas, ao defender que Júnior Trindade é com certeza a melhor das opções da região.

O líder da região sul Kita Maciel também esteve presente no evento. Ele também é pré-candidato a deputado federal pelo Podemos. As reuniões ocorreram nos dias 15 e 16 de junho.

O pré-candidato a governador também ressaltou a necessidade de o Sudeste ter deputados estaduais, ao citar os pré-candidatos do PL Wagner Gentil e Manin da Zorra. “São os deputados estadual que podem ter uma atuação direta junto ao governo do Estado para garantir os investimentos que a região precisa”, ponderou Dimas.

Além de política, Ronaldo Dimas também falou de gestão, com foco em duas das principais demandas do município e todo o Sudeste do Tocantins: saúde pública e infraestrutura.

Sobre a saúde, Dimas, que concedeu entrevista à rádio Nova FM, defendeu a importância de se fortalecer os hospitais regionais, como o de Dianópolis, para que as pessoas tenham tratamento adequado e não precisem se deslocar até Palmas ou mesmo para o Estado de Goiás. “Com gestão podemos fazer muita coisa. Em Araguaína, nós montamos um hospital de forma muito rápida para enfrentar a Covid-19 e a estrutura agora funciona de forma permanente para atender crianças”, destacou Dimas.

Na infraestrutura, Ronaldo Dimas voltou a defender a necessidade de o governo do Estado separar um recurso fixo para investimentos diretos no município. A ideia de Dimas é no mínimo 2,5% do Orçamento Estadual, que é de quase R$ 12 bilhões. Isso garantiria um valor mínimo de R$ 300 milhões por ano a ser dividido entre todos os municípios. “Uma cidade polo como Dianópolis teria ao menos R$ 5 milhões livres para investimentos, recurso muito importante para ajudar na infraestrutura e nas necessidades do município”, pontuou Dimas.

Além das atividades políticas, Dimas visitou o padre Tiago Augusto Messias, responsável pela paróquia de Dianópolis, e o pastor Dario de Souza Pereira, liderança evangélica da região.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.