Palmas

Pré-candidato vai acionar justiça para investigar ataque de robôs durante reunião virtual

Os perfis falsos invadiram a reunião virtual do Partido Verde.

Por Redação
Comentários (0)

13/08/2020 14h15 - Atualizado há 1 mês
O encontro foi interrompido temporariamente após o ataque virtual e outro link foi disponibilizado

A primeira reunião virtual realizada por um pré-candidato a prefeito de Palmas para discutir o impacto de notícias falsas, conhecidas como fake news, durante as campanhas eleitorais precisou ser interrompida temporariamente após a invasão de perfis falsos (robôs), que publicaram músicas e imagens de caráter ofensivo.

A reunião era conduzida pelo ex-deputado estadual e pré-candidato a prefeito Marcelo Lélis (PV), na noite dessa quarta-feira (12),

Ataque virtual

Um dos principais objetivos do encontro era justamente discutir as fake news no processo eleitoral deste ano e orientar os apoiadores sobre o não compartilhamento de informações sem fonte segura e confiável.

"Realizamos a reunião com link aberto para que a população também pudesse participar. Para nossa surpresa, rapidamente fomos atacados por diversos perfis falsos. Utilizaram palavrões e vídeos da pior espécie com a intenção clara de tumultuar e denegrir a nossa reunião", lamentou o pré-candidato.

Justiça

O pré-candidato adiantou que fez prints dos ataques e acionará a justiça para que possa tomar as medidas legais cabíveis.

"Nós queremos fazer diferente, sem ataques articulados como esse, prática antiga que não tem mais espaço e que a população não quer", completou Lelis.

Após o ataque, outro link foi disponibilizado e a reunião aconteceu normalmente. Participantes do projeto intitulado "Gabinete do Bem" receberam orientações sobre a importância de não disseminar notícias falsas em redes sociais e grupos de WhatsApp e contribuíram com suas opiniões.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.