Polêmica

Acusada de calote no Jalapão, Kátia Abreu rebate: 'tenho defeitos, mas não sou desonesta'

Senadora foi acusada de ter saído do atrativo sem pagar a entrada.

Por Nielcem Fernandes 4.415
Comentários (0)

24/06/2021 09h45 - Atualizado há 5 meses
Kátia nega calote na Cachoeira da Formiga e diz que não é desonesta

Viralizou nas redes sociais nesta semana um vídeo em que o dono de uma das cachoeiras mais famosas no Jalapão acusa a senadora Kátia Abreu (PP) de dar calote no estabelecimento turístico. Com a grande repercussão negativa da acusação, a senadora divulgou um vídeo contando outra versão sobre os fatos e nega ter saído do local sem pagar.

ENTENDA

Desde o último final de semana, um vídeo divulgado pelo proprietário da Cachoeira da Formiga, um dos principais atrativos turísticos do Jalapão, tem repercutido com a informação de que a senadora entrou no local com várias pessoas e teria saído sem pagar a taxa de R$ 25,00 por usuário.

No vídeo, o proprietário diz que já foi aliado da senadora e de seu filho, o também senador Irajá Abreu (PSD), e orienta a população a não confiar na parlamentar.

Além da acusação de calote, o dono da área disse que o esposo da congressista e superintendente do Sebrae no Tocantins, Moisés Gomes, teria sido grosseiro com um de seus funcionários.

"Ela chegou aqui no meu estabelecimento, na Cachoeira da Formiga, e sonegou a conta de 12 pessoas e ainda quis agredir meu funcionário. O esposo dela ainda quis bater no meu sobrinho. Pessoal do Tocantins e de todo Brasil, não confiem na Senadora Kátia Abreu por que ela é uma grileira de terras. Ela não tem a responsabilidade de uma senadora, chega no estabelecimento dos outros e quer invadir. Na minha fazenda você não é recebida nunca mais", disparou o dono do local.

VÍDEO

Vídeo

SENADORA REBATE

A senadora não deu o calado como resposta. Em vídeo, Kátia Abreu afirma que o grupo que a acompanhava não quis ficar no local devido à superlotação e precariedade das instalações, mostrando várias fotos. Ela negou também qualquer episódio de agressão.

Mais uma vez estive no Jalapão este final de semana, acompanhando um grupo importante de pessoas que foram prestigiar um dos locais mais festejados e visitados do país. Visitamos todos os atrativos, inclusive a cacheira da Formiga, que pra mim é um dos pontos mais bonitos do Jalapão, mas em compensação é um dos pontos mais largados, desleixado pelo proprietário daquele lugar. A cada vez que vou à cachoeira da formiga, as condições estão piores. Nós não demos o cano em ninguém, como o próprio dono do local está falando. Saímos de lá aterrorizados. Saímos de lá com muita vergonha porque os visitantes que estavam conosco não quiseram ficar lá, se recusaram a ficar devido as más condições do local e da aglomeração de pessoas dentro da cachoeira e saímos calmamente do local", argumentou a senadora.

“Eu já fui em todos os pontos turísticos do Jalapão. Perguntem aos proprietários se eu já fiz alguma desfeita? Eu tenho muitos defeitos, mas eu não sou desonesta. Nunca roubei e nunca deixei de pagar alguém", concluiu.

Vídeo

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.