AL pedirá apuração de agressão a deputado e pode proibir entrada de policiais armados no plenário

Por Redação AF
Comentários (0)

12/03/2015 09h50 - Atualizado há 1 mês
<span style="font-size:14px;">O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Osires Damaso (DEM), anunciou durante sess&atilde;o nesta quarta-feira (11), que a Mesa Diretora encaminhar&aacute; of&iacute;cio ao Comando Geral da Pol&iacute;cia Militar pedindo apura&ccedil;&atilde;o de uma confus&atilde;o em que o deputado Jos&eacute; Bonif&aacute;cio teria sido agredido por um militar no est&aacute;dio de futebol em Porto Nacional, logo ap&oacute;s o jogo entre Tocantin&oacute;polis e Porto Nacional.<br /> <br /> O assunto foi repercutido na sess&atilde;o, quando Bonif&aacute;cio manifestou sua preocupa&ccedil;&atilde;o com a seguran&ccedil;a pessoal. Ele acredita que o agressor n&atilde;o seja um torcedor, mas um integrante da pol&iacute;cia militar que poderia estar insatisfeito com a vota&ccedil;&atilde;o contr&aacute;ria &agrave; proposta que anulou os efeitos financeiros das promo&ccedil;&otilde;es de membros da categoria.<br /> <br /> Os deputados Toinho Andrade (PSD), Am&aacute;lia Santana (PT), Valderez Castelo Branco (PP), Paulo Mour&atilde;o (PT), Elenil da Penha (PMDB), J&uacute;nior Evangelista (PRTB), Eli Borges (PROS) e Valdemar J&uacute;nior (PSD) se manifestaram sobre o assunto e se solidarizaram a Bonif&aacute;cio, cobrando a apura&ccedil;&atilde;o do caso para punir com justi&ccedil;a o agressor, na garantia de uma seguran&ccedil;a parlamentar mais eficaz.<br /> <br /> J&aacute; o deputado Z&eacute; Roberto (PT) qualificou o fato de &ldquo;isolado&rdquo;, ocorrido por quest&otilde;es pessoais e n&atilde;o relacionado &agrave; briga de torcida ou &agrave; insatisfa&ccedil;&atilde;o da PM. No entanto, disse entender a preocupa&ccedil;&atilde;o do parlamentar com rela&ccedil;&atilde;o &agrave; seguran&ccedil;a pessoal e, sob a alega&ccedil;&atilde;o de garantir a liberdade de express&atilde;o nas vota&ccedil;&otilde;es da Casa, prop&ocirc;s que a Mesa Diretora adote uma medida mais r&iacute;gida sobre a entrada de pessoas armadas no plen&aacute;rio, a exemplo de policiais civis e militares.<br /> <br /> Em resposta &agrave; solicita&ccedil;&atilde;o de Z&eacute; Roberto, o presidente Osires Damaso ressaltou que n&atilde;o tem como realizar essa a&ccedil;&atilde;o de imediato, uma vez que os seguran&ccedil;as da Casa n&atilde;o t&ecirc;m porte de arma e, por esse motivo, n&atilde;o poderiam recolher as armas. Contudo, enfatizou que est&atilde;o sendo tomadas provid&ecirc;ncias quanto &agrave; quest&atilde;o a fim de que a seguran&ccedil;a no plen&aacute;rio seja garantida e os transtornos, evitados.&nbsp;</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Política

Bolsonaro cogita Sérgio Moro no Supremo Tribunal Federal, diz presidente do PSL

Bebianno é cotado para ser ministro da Justiça num eventual governo Bolsonaro.

3ª Corrida da Justiça

Cerca de 1.000 atletas participam de tradicional prova noturna no Tocantins

Os corredores se dividiram em dois trajetos (5 e 10 km) finalizando na na Praça dos Girassóis.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.