Análise sobre o mercado imobiliário brasileiro diante da crise econômico-financeira no Brasil

Por Redação AF
Comentários (0)

31/08/2015 10h43 - Atualizado há 1 segundo
<span style="font-size:14px;">O mercado imobili&aacute;rio brasileiro conhece uma fase de grande incerteza. O crescimento do desemprego aliado &agrave;s d&uacute;vidas que ainda persistem da crise econ&ocirc;mico-financeira que se abateu sobre o mundo tem suscitado d&uacute;vidas relativamente &agrave;s decis&otilde;es a tomar sobre compra e aluguel de im&oacute;vel. Devemos ter em conta que com a incerteza na economia, o esperado &eacute; geralmente a prefer&ecirc;ncia pelo aluguel em vez da compra. No entanto, continuam a existir excelentes oportunidades de neg&oacute;cio por explorar.<br /> <br /> <strong><u>O exemplo de Mongagu&aacute;</u></strong><br /> <br /> Mongagu&aacute; &eacute; uma regi&atilde;o costeira que se situa em S&atilde;o Paulo, e onde, as <a href="https://siteimovel.com/venda/sp/mongagua/cat-casas">casas a venda em mongagua</a> mostram que estamos perante uma regi&atilde;o com constru&ccedil;&otilde;es horizontais, pr&oacute;prias de regi&otilde;es de habita&ccedil;&atilde;o sazonal. O pre&ccedil;o por metro quadrado excede os 4 mil reais, o que a torna pr&oacute;pria para um p&uacute;blico com maior disponibilidade financeira.<br /> <br /> A proximidade de Mongagu&aacute; ao oceano faz com que o clima tenha ver&otilde;es quentes e invernos brandos. Apesar de ser uma regi&atilde;o onde se apela ao turismo regional, a verdade &eacute; que cada vez mais os turistas estrangeiros e os investidores externos procuram esta regi&atilde;o para habita&ccedil;&atilde;o sazonal e oportunidades de neg&oacute;cio de compra e venda e n&atilde;o tanto de aluguel.<br /> &nbsp;</span><br />
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.