#EleNão

AnaVitória adere ao #EleNão contra Bolsonaro: 'racista, machista e a favor da tortura'

As artistas gravaram vídeos e postaram nas redes sociais contra o candidato a presidente da República.

Por Agnaldo Araujo 2.819
Comentários (0)

29/09/2018 11h04 - Atualizado há 1 ano
Ana e Vitória criticaram Bolsonaro nas redes sociais

As cantoras do duo AnaVitória, de Araguaína, declaram apoio ao movimento #EleNão, contra o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Eu digo ele não porque eu sei da luta diária que é ser mulher. Eu sou ser humano, você é ser humano e enxergo a gente igual”, afirmou Ana.

Já Vitória destacou que Bolsonaro é despreparado. “Ele é transfóbico, homofóbico, racista, machista, é a favor da tortura e dissemina o ódio”, disse.

Dezenas de artistas nacionais, atrizes e famosos aderiram à campanha postando vídeos em suas redes sociais. Neste sábado (29) haverá centenas de passeatas pelas ruas brasileiras, e até de outros países, entonando os já emblemáticos #EleNão, #EleNunca#EleJamais

Ele é Jair Bolsonaro, militar da reserva, deputado federal pelo Rio de Janeiro em seu sétimo mandato, são 27 anos atuando na política - e candidato do PSL à Presidência da República. Um homem considerado por alguns uma ameaça em relação à manutenção dos direitos humanos.

Elas, mulheres organizadas em um movimento suprapartidário, de diferentes idades, raças e classes, cansadas de serem subjugadas apenas por serem mulheres. "Os atos agendados são uma forma das mulheres expressarem seu repúdio às declarações de ódio do candidato à presidência, Jair Bolsonaro, principalmente contra mulheres, populações negra, indígena e LGBT. Para nós, o peso de sua ascensão seria violento, pois somos as mais vulneráveis, perseguidas e criminalizadas quando os direitos são retirados", diz Natalia Mori, socióloga no CFemea (Centro Feminista de Estudos e Assessoria).

No Instagram, a hashtag que dá nome ao movimento que nega Bolsonaro tem, contando com sua variação sem acento #EleNao - 453.200 menções. Não se sabe se foram as famosas que impulsionaram a frase ou se, já fortalecida, ela chegou a elas. Fato é que, além das globais e super estrelas da música nacional (inclua aí Anitta e Daniela Mercury) até Madonna postou a hashtag. 

Assista!

Vídeo

 

Vídeo

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.