Araguaína comemora 56 anos com avanços e atrasos; industrialização desponta como um dos principais desafios

Por Redação AF
Comentários (0)

14/11/2014 11h21 - Atualizado há 1 segundo
<span style="font-size:14px;"><u>Alberto Rocha</u><br /> <em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br /> <br /> Aragua&iacute;na, o segundo Munic&iacute;pio mais rico do Tocantins, completou 56 anos de emancipa&ccedil;&atilde;o pol&iacute;tico-administrativa nesta sexta-feira, 14 de novembro.&nbsp;<br /> <br /> <img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/araguaina_vista_aerea.jpg" style="width: 600px; height: 362px;" /><br /> A cidade, que nasceu &agrave; beira do Rio Lontra e que foi impulsionada pelo surgimento da BR-153, a Bel&eacute;m-Bras&iacute;lia, no final da d&eacute;cada de 60, caminha hoje com as pr&oacute;prias pernas e enfrenta alguns desafios para se consolidar como refer&ecirc;ncia na regi&atilde;o Norte do Brasil. Neste per&iacute;odo, Aragua&iacute;na tamb&eacute;m experimentou um crescimento populacional vertiginoso, tornando-se a segunda maior cidade do Estado.&nbsp;<br /> <br /> O ex-distrito do Lontra possui uma economia baseada no com&eacute;rcio, servi&ccedil;os e na pecu&aacute;ria forte que lhe permite uma efetiva participa&ccedil;&atilde;o na economia estadual e que possibilita caminhar de forma independente, sem precisar recorrer &agrave;s verbas p&uacute;blicas para sobreviver. Um bom exemplo disso &eacute; que, antes da divis&atilde;o do Estado, Aragua&iacute;na j&aacute; era considerada a quarta maior cidade de Goi&aacute;s.<br /> <br /> Hoje, bem estruturada e com localiza&ccedil;&atilde;o estrat&eacute;gica, a cidade consegue respirar novos ares ao ser respons&aacute;vel pela segunda maior arrecada&ccedil;&atilde;o do Tocantins, al&eacute;m de despontar como principal polo de desenvolvimento econ&ocirc;mico e educacional da regi&atilde;o, fatores que facilitam o fortalecimento do Munic&iacute;pio frente aos desafios.<br /> <br /> Recentemente, Aragua&iacute;na tamb&eacute;m foi apontada como uma das 100 cidades que mais crescem no Brasil. Tamb&eacute;m, na mesma pesquisa divulgada por importantes revistas de circula&ccedil;&atilde;o nacional, foi apontada como uma futura metr&oacute;pole da regi&atilde;o Norte do pa&iacute;s. Atualmente, possui cerca de 175 mil habitantes.<br /> <br /> Apesar dos avan&ccedil;os, a cidade ainda convive com dificuldades prim&aacute;rias. Mesmo sendo detentora de um grande complexo industrial, Aragua&iacute;na n&atilde;o conseguiu ainda atrair grandes investidores e ind&uacute;strias fortes capazes de gerar emprego e renda para a popula&ccedil;&atilde;o. A falta de planejamento da gest&atilde;o p&uacute;blica tamb&eacute;m intimida as proje&ccedil;&otilde;es de um futuro de desenvolvimento econ&ocirc;mico e social. Atualmente, a industrializa&ccedil;&atilde;o desponta como o principal desafio do Munic&iacute;pio.<br /> <br /> <u><strong>Desafios</strong></u><br /> <br /> Dentre as dificuldades a serem enfrentas, est&atilde;o o crescimento desordenado da cidade; tr&acirc;nsito ca&oacute;tico e sem planejamento; alto &iacute;ndice de desemprego;&nbsp; aus&ecirc;ncia de grandes ind&uacute;strias,&nbsp; abandono da Zona de Processamento e Exporta&ccedil;&atilde;o (ZPE); falta de pol&iacute;ticas p&uacute;blicas voltadas para o social; aus&ecirc;ncia de combate &agrave; mis&eacute;ria que, segundo dados da pr&oacute;pria Prefeitura,&nbsp; em 2010, mais de 30 mil pessoas passavam fome em Aragua&iacute;na; falta de esgoto e saneamento b&aacute;sico em mais de 80% das resid&ecirc;ncias; elevado d&eacute;ficit de moradias populares; falta de apoio e incentivo &agrave; cultura, esporte e lazer; falta de investimentos em sa&uacute;de p&uacute;blica;&nbsp; elevado &iacute;ndice de viol&ecirc;ncia e falta de espa&ccedil;os p&uacute;blicos para lazer e esporte, dentre outros.</span><br /> <br /> <img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/f55b8269ba1f7954619bf44ee703575d.jpg" style="font-size: 14px; width: 300px; height: 272px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" /><span style="font-size:14px;"><u><strong>Pontos positivos</strong></u><br /> <br /> Aragua&iacute;na possui uma economia forte; experimenta &iacute;ndice de crescimento acima da m&eacute;dia nacional e consolida-se como polo de desenvolvimento econ&ocirc;mico e educacional na regi&atilde;o. Sua localiza&ccedil;&atilde;o estrat&eacute;gica, na zona de abrang&ecirc;ncia da regi&atilde;o norte do Brasil com mais de dois milh&otilde;es de habitantes, atraiu companhias a&eacute;reas com voos di&aacute;rios para todo o Pa&iacute;s.<br /> <br /> Parab&eacute;ns, Aragua&iacute;na!</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

15 de outubro

Dia do Professor: 4 coisas ainda desanimadoras na rotina da profissão no Brasil

Violência e a desvalorização estão entre os itens que desestimulam estudantes interessados em formar na profissão.

Palmas

Ex-assessor de Gilmar Mendes faz palestra em Encontro da Advocacia Municipalista

O Encontro é voltado para todos os públicos e entrada será gratuita.

E sumiu...

Tocantinense que se candidatou a deputada em Brasília recebeu só dois votos

Procurada pela coluna, Laís não foi localizada para comentar sobre o seu desempenho nas urnas. 

Curiosidade

A pequena cidade onde Bolsonaro e Haddad tiveram a mesma votação no 1º turno

Com o empate nas urnas, a pequena cidade passou a viver dias de tensão.

Sortudo

Apostador de Marabá (PA) ganha sozinho prêmio de R$ 27 milhões da Mega-Sena

O próximo sorteio da Mega-Sena está marcado para o dia 17 de outubro.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.