Governo avalia

Auxílio emergencial poderá ser pago a famílias atingidas pelas enchentes no Tocantins

Estado tem mais de 3 mil pessoas desabrigadas e desalojadas.

Por Redação
Comentários (0)

21/01/2022 09h10 - Atualizado há 3 meses
Enchente em São Miguel do Tocantins, no Bico do Papagaio

O Governo do Estado está estudando a criação de um auxílio emergencial para as pessoas que ficaram desabrigadas por causa das enchentes no estado. O objetivo é ajudar na recuperação das residências e bens danificados pelas águas, e garantir a alimentação da família.

"A ideia é levar um auxílio por alguns meses para garantir a alimentação e aquisição de alguns itens básicos", disse o governador Wanderlei Barbosa ao fazer o anúncio da possível medida.

Mais de 2 mil pessoas foram impactadas pela enchente do rio Tocantins apenas no município de São Miguel, segundo o prefeito Alberto Moreira.

De acordo com a Defesa Civil, até esta quinta-feira (20) o Tocantins contava com 2.792 pessoas desalojadas (que estão em casa de parentes, amigos e ou vizinhos) e 264 desabrigados.

O Corpo de Bombeiros coordena as ações da força-tarefa que tem como integrantes as pastas do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas); da Infraestrutura, Cidades e Habitação (Seinf); Governadoria (Segov); da Saúde (SES); Procuradoria-Geral do Estado (PGE); do Planejamento e Orçamento (Seplan); Agência de Fomento do Estado do Tocantins (Fomento); e Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins (Ruraltins). Atualmente, a Defesa Civil tem monitorado 35 municípios impactados pelas chuvas.

Enchentes

Nesta quinta-feira, Wanderlei Barbosa sobrevoou as áreas afetadas pelas enchentes do Rio Tocantins e acompanhou as ações sociais no Colégio Turma da Mônica, em Bela Vista, distrito de São Miguel do Tocantins, onde foram distribuídos água potável, gás de cozinha e alimentos. O local já abrigou cerca de 700 pessoas e atualmente são servidas 300 refeições no local com os kits de alimentos doados pelo Governo. Essa é a segunda vez que o governador visita a região para conferir os danos causados pelas enchentes.

O Governador destacou as ações colocadas em prática para amenizar o sofrimento das vítimas das enchentes, como a entrega de kits de alimentação aos prefeitos para serem distribuídos à população atingida. "Entregamos aos prefeitos cestas de alimentos para atender os desabrigados, colocamos a estrutura do Governo à disposição dos prefeitos e a Defesa Civil foi equipada para resgatar as pessoas. Estamos fazendo a mesma coisa na área da saúde e nos colocamos à disposição de todos os prefeitos, não só do Bico do Papagaio, mas de todas as regiões atingidas pelas enchentes", afirmou.

Wanderlei Barbosa prometeu garantir apoio às pessoas que perderam seus bens e suas produções e reforçou que vai recuperar rodovias e pontes nas regiões ribeirinhas.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.