Saúde infantil

Bebê de Araguaína com má formação no coração é levado para Goiânia após ordem judicial

A cirurgia devia ter sido feita no máximo três dias após o nascimento da criança.

Por Márcia Costa 713
Comentários (0)

02/04/2019 09h51 - Atualizado há 3 anos
O bebê estava no Hospital Maternidade Dom Orione

O recém-nascido Luiz Otávio, de apenas 04 dias, foi transferido numa UTI aérea de Araguaína para o Hospital da Criança em Goiânia (GO), onde fará uma cirurgia com urgência.

A transferência só ocorreu por volta de meia-noite desta terça-feira (02) após os pais recorrem ao Ministério Público Estadual e a Justiça expedir uma determinação à Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Luiz Otávio estava internado no Hospital e Maternidade Dom Orione em Araguaína após nascer com síndrome da hipoplasia do coração esquerdo (SHCE), uma má formação do órgão que compromete a própria vida da criança.

A cirurgia deveria ter sido feita enquanto o bebê ainda estava na barriga da mãe ou no máximo três dias após o nascimento.

Segundo a tia do bebê, Patrícia Carvalho, o recém-nascido pode depender apenas de aparelhos para sobreviver a qualquer momento. “Graças a Deus conseguimos a transferência. O bebê está sendo avaliado e pode fazer a cirurgia a qualquer momento”, disse.

A Justiça determinou que a cirurgia acontecesse no prazo de 24 horas e ainda estabeleceu multa diária de R$ 10 mil para o secretário de Saúde, Renato Jayme, e para o Governo do Estado, em caso de descumprimento.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.