Bebê espera por cirurgia cardíaca em Araguaína; Estado não tomou providências, apesar da urgência

Por Redação AF
Comentários (0)

06/03/2015 10h28 - Atualizado há 3 semanas
<span style="font-size:14px;">Com apenas quarenta dias de nascida, S.L.G est&aacute; internada no Hospital Dom Orione, em Aragua&iacute;na (TO), &agrave; espera de cirurgia card&iacute;aca. Conforme o laudo m&eacute;dico h&aacute; urg&ecirc;ncia na realiza&ccedil;&atilde;o do procedimento, que n&atilde;o &eacute; realizado no Tocantins. Por isso, a m&atilde;e da crian&ccedil;a buscou a Defensoria P&uacute;blica (DPE) para garantir na justi&ccedil;a o tratamento da filha. A A&ccedil;&atilde;o de Obriga&ccedil;&atilde;o de Fazer foi ajuizada no &uacute;ltimo dia 3, sendo citado o Estado no dia 4, com prazo de 24h para cumprimento da decis&atilde;o.<br /> <br /> De acordo com a Defensoria P&uacute;blica, a crian&ccedil;a apresenta complica&ccedil;&otilde;es card&iacute;acas (cardiopatia cong&ecirc;nita) decorrente da transposi&ccedil;&atilde;o dos grandes vasos da base do cora&ccedil;&atilde;o, que &eacute; caracterizado pela invers&atilde;o das art&eacute;rias. A cirurgia se baseia na invers&atilde;o da posi&ccedil;&atilde;o da art&eacute;ria aorta e da art&eacute;ria pulmonar, colocando-as na posi&ccedil;&atilde;o correta, para que o sangue que passa pelo pulm&atilde;o e &eacute; oxigenado seja distribu&iacute;do pelo corpo do beb&ecirc;, permitindo que o c&eacute;rebro e todos os &oacute;rg&atilde;os vitais recebam oxig&ecirc;nio.<br /> <br /> Segundo a Defensoria P&uacute;blica, a rec&eacute;m-nascida j&aacute; se encontra cadastrada na CNRAC - Central Nacional de Regula&ccedil;&atilde;o de Alta Complexidade desde 03 de fevereiro de 2015, dando assim cumprimento &agrave; sistem&aacute;tica de procedimento de dispensa&ccedil;&atilde;o de atendimento do SUS, mas nenhuma vaga foi encontrada at&eacute; o momento.<br /> <br /> Para a defensora p&uacute;blica que atua na a&ccedil;&atilde;o, Cristiane Japiass&uacute;, o Estado est&aacute; ciente da urg&ecirc;ncia do caso, mas se limita a informar que a rec&eacute;m-nascida dever&aacute; aguardar agendamento do hospital executante para a dispensa&ccedil;&atilde;o do tratamento cir&uacute;rgico. <em>&ldquo;A fam&iacute;lia desta crian&ccedil;a est&aacute; em estado de desespero, pois a enfermidade s&oacute; pode ser debelada por meio de procedimento cir&uacute;rgico, e &eacute; not&oacute;rio que uma cirurgia dessa magnitude deve ser feita o mais r&aacute;pido poss&iacute;vel, sendo os quadros agravados pela falta do tratamento cir&uacute;rgico prescrito&rdquo;</em>, expressou.<br /> <br /> A Decis&atilde;o Liminar fixou multa di&aacute;ria no valor de R$5.000,00 em caso de descumprimento.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De Figueirópolis

Professor do Tocantins vence prêmio nacional com projeto sobre esportes

O objetivo do prêmio é reconhecer o trabalho dos professores que contribuem para a qualidade da educação básica.

Investigação

PF prende médico no Tocantins em operação que investiga corrupção na Saúde

Mandados também estão sendo cumpridos em São Luís (MA), Imperatriz (MA), Parauapebas (PA), Brasília (DF) e Goiânia (GO).

Estado

Bunge Açúcar e Bioenergia abre vagas para jovens engenheiros no Tocantins

As inscrições vão até o dia 9 de novembro.

Nesta quinta, 18

Vagas de emprego para manicure, mecânico, porteiro, zelador e vendedor

As vagas são para todos os níveis de escolaridade e estão distribuídas em nove cidades do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.