Cerca de 80% da população de Araguaína será beneficiada com investimento de R$ 114 milhões

Por Redação AF
Comentários (0)

11/12/2013 16h40 - Atualizado há 3 anos
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size:14px;">A&nbsp;</span><span style="font-size: 14px;">Foz/Saneatins anunciou&nbsp;</span><span style="font-size: 14px;">na manh&atilde; desta quarta-feira, 11, o investimento de mais de R$ 114 milh&otilde;es em obras de saneamento em Aragua&iacute;na. Entre as benfeitorias, est&atilde;o a implanta&ccedil;&atilde;o da rede de esgotamento sanit&aacute;rio, al&eacute;m da amplia&ccedil;&atilde;o de melhorias no sistema de tratamento e fornecimento de &aacute;gua.&nbsp;</span></div> <div style="text-align: justify;"> <br /> <span style="font-size:14px;">De acordo com o Governador Siqueira Campos, que participou do evento, muito mais do que benef&iacute;cios estruturais para o munic&iacute;pio, os investimentos na rede de saneamento &eacute; a garantia de mais qualidade de vida para a popula&ccedil;&atilde;o, &agrave; medida que fortalecem a&ccedil;&otilde;es preventivas de sa&uacute;de p&uacute;blica. <em>&ldquo;A melhor forma de se fazer sa&uacute;de p&uacute;blica sempre foi a preven&ccedil;&atilde;o. E uma obra como essa, sem d&uacute;vida &eacute; importante para garantir a qualidade de vida da popula&ccedil;&atilde;o. A implanta&ccedil;&atilde;o do esgotamento sanit&aacute;rio ir&aacute; acabar com a realidade das fossas que poluem as ruas, os c&oacute;rregos&rdquo;</em>, disse.<br /> <br /> <u><strong>Acabar com a &aacute;gua servida</strong></u><br /> <br /> A fala foi corroborada pelo prefeito de Aragua&iacute;na, Ronaldo Dimas, que destacou a necessidade de acabar com a &aacute;gua servida, que &eacute; aquela despejada por resid&ecirc;ncias e im&oacute;veis comerciais diretamente nas ruas, sem ser coletada pela rede de esgoto. <em>&ldquo;Um dos objetivos da gente &eacute; acabar com a &aacute;gua servida que danifica os servi&ccedil;os de infraestrutura vi&aacute;ria e prejudica a comunidade. As crian&ccedil;as acabam tendo contato com essa &aacute;gua contaminada, prejudicando a sa&uacute;de&rdquo;</em>, explicou.<br /> <br /> <u><strong>Investimentos</strong></u><br /> <br /> Do total investido nas obras de saneamento b&aacute;sico em Aragua&iacute;na, cerca de R$ 91 milh&otilde;es ser&atilde;o voltados para a rede de esgotamento sanit&aacute;rio, com a implanta&ccedil;&atilde;o dos coletores-tronco e de redes coletores, al&eacute;m da constru&ccedil;&atilde;o e expans&atilde;o das esta&ccedil;&otilde;es elevat&oacute;rias e esta&ccedil;&otilde;es de tratamento. Al&eacute;m disso, outros R$ 23 milh&otilde;es ser&atilde;o aplicados no sistema de tratamento e distribui&ccedil;&atilde;o de &aacute;gua. Segundo o diretor presidente da Foz/Saneatins, M&aacute;rio Amaro, a previs&atilde;o &eacute; de que cerca de 120 mil pessoas (80% da popula&ccedil;&atilde;o de Aragua&iacute;na) sejam beneficiadas diretamente com os investimentos. &ldquo;O saneamento &eacute; feito pensando no social, na cidadania, no cidad&atilde;o e no meio ambiente&rdquo;, pontuou.</span><br /> <br /> <b><u><span style="font-size:14px;">80% da popula&ccedil;&atilde;o atendida</span></u></b><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">De acordo com o presidente da Ag&ecirc;ncia Tocantinense de Saneamento, Edmundo Galdino, o pacote de obras anunciado em Aragua&iacute;na (que j&aacute; tem uma Esta&ccedil;&atilde;o de Tratamento de Esgoto em constru&ccedil;&atilde;o), faz parte do projeto de universaliza&ccedil;&atilde;o do saneamento b&aacute;sico tocantinense. <em>&ldquo;Aragua&iacute;na est&aacute; recebendo um grande investimento em uma &aacute;rea extremamente importante. Hoje temos uma m&eacute;dia de 13% da popula&ccedil;&atilde;o atendida e, com essas obras, atingiremos 80% dos domic&iacute;lios atendidos, atendendo a meta de universaliza&ccedil;&atilde;o&rdquo;</em>, pontuou.</span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.