Dilma: Facebook já tem 49 festas para celebrar derrota ou vitória

Por Redação AF
Comentários (0)

23/06/2014 10h39 - Atualizado há 1 segundo
<span style="font-size:14px;">O uso das redes sociais na pol&iacute;tica j&aacute; n&atilde;o &eacute; novidade. E, diante da influ&ecirc;ncia que se pode exercer na internet, n&atilde;o para de crescer o n&uacute;mero de a&ccedil;&otilde;es turbinadas por partidos e eleitores em defesa ou contra candidatos nas elei&ccedil;&otilde;es deste ano. A cria&ccedil;&atilde;o de an&uacute;ncios de festas pela vit&oacute;ria ou at&eacute; derrota de alguns pol&iacute;ticos &eacute; um ingrediente adicional.<br /> <br /> H&aacute; ao menos 40 &ldquo;festas&rdquo; marcadas no Facebook para celebrar uma eventual derrota da presidente Dilma Rousseff (PT), que vai tentar se reeleger. &Eacute; o que mostra levantamento realizado at&eacute; o &uacute;ltimo dia 15. Trata-se de um recurso para chamar pessoas em suas linhas do tempo para encontros de mentirinha. Desses eventos destinados &agrave; despedida da petista, o mais famoso deles j&aacute; beira os <a href="https://www.facebook.com/events/695080227195976/?source=73" target="_blank">700 mil convidados</a> &ldquo;confirmados&rdquo;. Se a provoca&ccedil;&atilde;o der certo, o evento acontecer&aacute; no domingo de 5 de outubro, mas sem uma cidade definida at&eacute; o momento.<br /> <br /> Organizador de uma outra festa, o gestor de recursos humanos Kleyton Jos&eacute; &ldquo;Conservador&rdquo;, 42 anos, de Bras&iacute;lia, faz parte da Nova Alian&ccedil;a Renovadora Nacional. Ele aposta que esse tipo de iniciativa em um espa&ccedil;o como o Facebook pode fazer diferen&ccedil;a em rela&ccedil;&atilde;o a quem ainda n&atilde;o decidiu em quem vai votar. &ldquo;A discuss&atilde;o e a exposi&ccedil;&atilde;o de opini&otilde;es nas redes sociais podem mudar o rumo das elei&ccedil;&otilde;es no &acirc;mbito estadual e federal&rdquo;, disse Kleyton. O evento dele j&aacute; tem mais de mais de <a href="https://www.facebook.com/events/1382296115364278/?fref=ts" target="_blank">210 mil convidados</a> &ldquo;confirmados&rdquo;. Se tudo acontecer como espera Kleyton, a festa ser&aacute; em Bras&iacute;lia, na 904 Sul, no dia 5 de outubro.<br /> <br /> Em resposta &agrave;s manifesta&ccedil;&otilde;es contra Dilma, surgiram pelo menos nove an&uacute;ncios de festas para celebrar a eventual reelei&ccedil;&atilde;o da petista. Esses eventos tamb&eacute;m somam menos apoiadores &ndash; o principal, criado pelo empres&aacute;rio Tom Pereira, de S&atilde;o Paulo, tem mais de <a href="https://www.facebook.com/events/246299142232007/?source=73" target="_blank">11 mil</a> &ldquo;confirmados&rdquo;. Se a contraprovoca&ccedil;&atilde;o tamb&eacute;m der certo, a festa deve acontecer na Avenida Paulista, em frente ao Masp, a partir das 16h.<br /> <br /> <u><strong>Boicote</strong></u><br /> <br /> Pereira suspeita que o Facebook faz &ldquo;boicote&rdquo; &agrave; sua festa pr&oacute;-governo. &ldquo;Esse evento vem sendo boicotado diretamente pelo Facebook, estava com duas mil confirma&ccedil;&otilde;es por dia. Do nada, a evolu&ccedil;&atilde;o caiu para 100 por semana&rdquo;, diz o organizador. &ldquo;Al&eacute;m disso, o contador de visitantes j&aacute; voltou e avan&ccedil;ou tantas vezes na contagem. &Eacute; ing&ecirc;nuo confiar nessa ferramenta&rdquo;, reclama. &ldquo;Muitas pessoas est&atilde;o perdidas, pois a oposi&ccedil;&atilde;o tem duas grandes armas: a m&iacute;dia e sua teoria do caos. N&oacute;s temos a fraternidade e a uni&atilde;o&rdquo;, acrescenta Pereira.<br /> <br /> O contador Mark Lehm, de Joinville (SC), organiza um evento pr&oacute;-Dilma. Ele diz n&atilde;o acreditar que seu evento possa influenciar algu&eacute;m, mas, na avalia&ccedil;&atilde;o dele, serve para mostrar que ningu&eacute;m &eacute; obrigado a ser anti-PT ou anti-Dilma apenas porque quase todo mundo na internet demonstra ter esse sentimento oposicionista. Tanto Pereira quanto Lehm informam que n&atilde;o s&atilde;o filiados a nenhum partido.<br /> <br /> H&aacute; ainda alguns eventos para celebrar a despedida de Dilma somente em 2018 e para a posse da petista em novo mandato, em 1&ordm; de janeiro do ano que vem.<br /> <br /> <u><strong>A&eacute;cio e Campos na berlinda</strong></u><br /> <br /> Se os eventos desfavor&aacute;veis &agrave; presidente Dilma parecem dominar o Facebook, rede social mais usada pelos brasileiros, tamb&eacute;m n&atilde;o s&atilde;o positivas as men&ccedil;&otilde;es ao senador A&eacute;cio Neves (PSDB-MG), nem em quantidade e nem em conte&uacute;do. Ele vai concorrer ao Pal&aacute;cio do Planalto e aparece em segundo lugar nas pesquisas de inten&ccedil;&atilde;o de voto. H&aacute; pelo menos quatro eventos em apoio ao tucano.<br /> <br /> H&aacute; ainda refer&ecirc;ncias &agrave; acusa&ccedil;&atilde;o segundo a qual o parlamentar &eacute; usu&aacute;rio de coca&iacute;na. Em entrevista recente, A&eacute;cio disse apenas ter fumado maconha aos 18 anos. &ldquo;E ficou por a&iacute;&rdquo;, disse.<br /> <br /> Presidenci&aacute;vel do PSB, o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, tamb&eacute;m parece n&atilde;o ter empolgado os internautas, ao menos por enquanto. At&eacute; o &uacute;ltimo domingo, havia um evento sobre eventual posse do pessebista como presidente da Rep&uacute;blica.<br /> <br /> <u><strong>Adi&oacute;s, governador!</strong></u><br /> <br /> Outros pol&iacute;ticos tamb&eacute;m n&atilde;o escapam da onda de eventos anunciados em redes sociais. H&aacute; festas de despedida para v&aacute;rios governadores.<br /> <br /> Entre eles, o do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), o de Goi&aacute;s, Marconi Perillo (PSDB), o de S&atilde;o Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD). Festas semelhantes est&atilde;o marcadas para celebrar o &ldquo;adeus&rdquo; das urnas ao senador e ex-presidente Fernando Collor (PTB-AL) e ao deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ). Todos devem tentar a reelei&ccedil;&atilde;o.<br /> <br /> <u><strong>Card&aacute;pio para pol&iacute;ticos</strong></u><br /> <br /> Al&eacute;m de eventos, h&aacute; p&aacute;ginas e grupos com o mesmo prop&oacute;sito. No Brasil, o Facebook tem 83 milh&otilde;es de usu&aacute;rios &ndash; o pa&iacute;s &eacute; o terceiro mercado da rede, ficando atr&aacute;s apenas dos Estados Unidos e da &Iacute;ndia. Em 2013, o termo &ldquo;elei&ccedil;&otilde;es&rdquo; foi o mais buscado no Facebook, segundo Bruno Magrani, diretor de rela&ccedil;&otilde;es institucionais da rede, declarou ao jornal Valor Econ&ocirc;mico.<br /> <br /> Este ano, a empresa ofereceu um &ldquo;card&aacute;pio&rdquo; de servi&ccedil;os eleitorais. Realizou um semin&aacute;rio em Bras&iacute;lia para mais de 200 pessoas, com um especialista do Facebook em campanhas e dicas para publica&ccedil;&atilde;o de v&iacute;deos curtos, uso de linguagem informal e publica&ccedil;&atilde;o no &ldquo;hor&aacute;rio nobre&rdquo; das 20h &agrave;s 22h.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Política

Bolsonaro cogita Sérgio Moro no Supremo Tribunal Federal, diz presidente do PSL

Bebianno é cotado para ser ministro da Justiça num eventual governo Bolsonaro.

3ª Corrida da Justiça

Cerca de 1.000 atletas participam de tradicional prova noturna no Tocantins

Os corredores se dividiram em dois trajetos (5 e 10 km) finalizando na na Praça dos Girassóis.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.