Dimas pede agilidade para entrega de casas populares aos desabrigados pelas chuvas

Por Redação AF
Comentários (0)

21/01/2013 11h16 - Atualizado há 3 anos
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size: 14px;">Na tarde da &uacute;ltima sexta-feira, 18, o prefeito Ronaldo Dimas (PR), acompanhado do secret&aacute;rio de Habita&ccedil;&atilde;o, Elenil da Penha, e do secret&aacute;rio executivo da pasta, Jos&eacute; Guimar&atilde;es, visitou uma unidade quase pronta das 1.798 casas do Setor Costa Esmeralda, criado para receber as fam&iacute;lias que ser&atilde;o contempladas pelo programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal.</span><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">Segundo a Assessoria, o prefeito reuniu-se com um engenheiro da Emcam, empresa &agrave; frente da constru&ccedil;&atilde;o das casas, e pediu agilidade para a entrega de 116 unidades para atender as fam&iacute;lias desabrigadas pelas chuvas em Aragua&iacute;na. <em>&ldquo;Acredito que ser&aacute; poss&iacute;vel entregar estas casas at&eacute;, no m&aacute;ximo, o final de fevereiro&rdquo;</em>, completou Ronaldo.<br /> <br /> Ainda conforme a Assessoria, al&eacute;m do setor Costa Esmeralda, outras 432 unidade est&atilde;o sendo constru&iacute;das no Parque Boa Vista, ambas pr&oacute;ximas ao setor Barros, e totalizar&atilde;o 2.230 casas populares que devem ser entregues dentro de oito meses. Cada resid&ecirc;ncia possui dois quartos, um banheiro, sala e cozinha integradas, al&eacute;m de um sistema de aquecimento de &aacute;gua por placa solar.<br /> <br /> Em todo o Brasil, O Governo Federal disponibiliza 50 mil casas do programa Minha Casa Minha Vida para receber fam&iacute;lias que perderam bens e im&oacute;veis devido ao impacto das chuvas. Em Aragua&iacute;na, as 116 unidades iniciais se encaixar&atilde;o neste quesito e as parcelas das casas poder&atilde;o ser custeadas pela Caixa ou pela prefeitura.</span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.