Culinária típica

Do Tocantins, paçoca de carne seca e biscoito Amor Perfeito estarão em evento internacional

O Amor Perfeito é um tipo de sequilho feito a partir da fécula da raiz de mandioca.

Por Redação 594
Comentários (0)

20/09/2019 10h33 - Atualizado há 3 semanas
Biscoito Amor Perfeito

Paçoca de carne seca, de Arraias; biscoito Amor Perfeito, de Natividade; mini rapaduras com sabores variados, da Comunidade do Prata e licores de frutos do cerrado. Estas são algumas referências da culinária tradicional tocantinense que estarão disponíveis para degustação no estande do Tocantins na 47ª Abav Expo Internacional de Turismo.

Realizado pela Associação Brasileira de Agências de Viagem (ABAV), o evento ocorrerá nos próximos dias 25 a 27 de setembro, na Expo Center Norte, em São Paulo, juntamente com o 52º Encontro Comercial Braztoa.

Quem passar pelo estande tocantinense terá a oportunidade de conhecer alguns dos principais atrativos turísticos do Estado, e também degustar estas delícias que refletem um tempo em que não havia energia elétrica e muito menos geladeira, nas fazendas e pequenas vilas.

Degustação

O Amor Perfeito é um tipo de sequilho feito a partir da fécula da raiz de mandioca - também chamada de tapioca -, leite de coco, açúcar refinado e manteiga de leite. Os ingredientes são simples, mas este biscoito com formato de flor é inesquecível pelo sabor suave e a deliciosa sensação que provoca ao derreter na boca, que se tornou uma das iguarias mais famosas da região das Serras Gerais, em especial Natividade.

Já a paçoca era um prato comum entre os tropeiros, que precisavam carregar alimentos que não estragassem ao longo de dias de viagem. Apesar de ser um prato muito difundido nas regiões norte e nordeste do país, a paçoca de Arraias tornou-se famosa.

O segredo, dizem as cozinheiras da região, é o uso de carne de qualidade, que não pode ser frita em excesso, pouca farinha de mandioca, pouco de alho e força para bater a mistura por 15 a 20 minutos no pilão.

Os licores também encontram morada em todas as localidades brasileiras que mantêm vivas tradições “profanas” em festividades religiosas. No Tocantins, Natividade, Monte do Carmo, Arraias, Taguatinga, Porto Nacional são alguns exemplos.

O sabor é adocicado e levemente alcoólico, e o aroma depende da fruta usada. O jenipapo é um dos mais apreciados em terras tocantinas, mas há muitas opções disponíveis.

A rapadura também é muito apreciada em todas as regiões brasileiras onde há tradição no plantio da cana-de-açúcar. Porém, cada produtor carrega o seu segredo, e o dos moradores da Comunidade do Prata é a fusão de sabores.

Para a Abav Expo, foram preparados três sabores distintos, de dar água na boca: cana com casca de laranja e gergelim, cana com buriti e cana com mamão e pimenta.

Para aguçar ainda mais o paladar, as artesãs montaram as mini rapaduras em modelos diversos, aprendidos em oficina ministrada pela gerente de Qualificação Técnica da Adetuc, Maria da Penha de Faria.

Mini rapaduras

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.