Inquérito

DRACMA abre novo inquérito contra Olyntho e mira também ex-assessor parlamentar

O ex-assessor de Olyntho tinha amplos poderes para representar a empresa Sancil.

Por Agnaldo Araujo 879
Comentários (0)

05/12/2018 10h07 - Atualizado há 3 anos
Deputado Olyntho Neto

A Delegacia de Repressão a Crimes de Maior Potencial contra a Administração Pública (Dracma) instaurou um inquérito policial para investigar o deputado estadual Olyntho Neto (PSDB) e seu ex-assessor Lívio de Morais Severino.

Esse é o segundo inquérito instaurado pela Dracma tendo como alvo o deputado. O outro apura a possível prática de crime de peculato no caso da apreensão de R$ 500 mil em espécie com o irmão do parlamentar, o advogado Luís Olyntho Rotoli Garcia de Oliveira, nas vésperas das eleições de outubro numa caminhonete alugada à Assembleia Legislativa.

No novo inquérito, a polícia leva em consideração uma denúncia anônima segundo a qual uma pessoa identificada apenas como Lívio estaria fazendo negócios em nome da Sancil Sanantonio Construtora e Incorporadora Ltda no município de Barra do Ouro.

Segundo a Polícia Civil, a empresa pertence à família Olinto e é a responsável por acumular quase 100 toneladas de lixo hospitalar num galpão clandestino no Distrito Agroindustrial de Araguaína. 

Com o aprofundamento das investigações, a Dracma constatou que Lívio, na verdade, trata-se de Lívio de Morais Severino, então assessor parlamentar lotado no gabinete de Olyntho de 1º de junho de 2017 até 22 de novembro deste ano, quando foi exonerado após o escândalo.

Por meio de consulta a cartórios, as investigações constataram a existência de procuração pública da Sancil dando amplos poderes de representação ao ex-assessor do deputado.

O inquérito policial instaurado objetiva apurar a existência de crimes contra a administração pública consubstanciados na utilização de servidor público para fins particulares.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.