Educação integral será reformulada no Tocantins, com revisão curricular e formação de professores

Por Redação AF
Comentários (0)

19/01/2015 10h03 - Atualizado há 1 segundo
<span style="font-size:14px;">Potencializar a educa&ccedil;&atilde;o investindo no sistema integral &eacute; prioridade na gest&atilde;o da Secretaria de Estado da Educa&ccedil;&atilde;o e Cultura. Pol&iacute;ticas p&uacute;blicas voltadas para a revis&atilde;o curricular, forma&ccedil;&atilde;o de professores e ensino integrado com universidades p&uacute;blicas j&aacute; come&ccedil;am a ser articuladas com o mapeamento das unidades da rede estadual de ensino.<br /> <br /> De acordo com o secret&aacute;rio da Educa&ccedil;&atilde;o e Cultura, Ad&atilde;o Francisco de Oliveira, a reformula&ccedil;&atilde;o da educa&ccedil;&atilde;o integral ser&aacute; feita depois de uma ampla discuss&atilde;o, ao longo deste ano, com a proposta de melhor utiliza&ccedil;&atilde;o dos alunos no trabalho de conte&uacute;dos, incorporando novas experi&ecirc;ncias e atividades &agrave; sua forma&ccedil;&atilde;o. Oliveira destacou que para efetivar as mudan&ccedil;as na educa&ccedil;&atilde;o integral &eacute; preciso validar &aacute;reas do conhecimento hoje marginalizadas na experi&ecirc;ncia curricular, como artes, bem como no envolvimento do aluno em atividades esportivas, potencializando modalidades no ambiente escolar.<br /> <br /> <em>&ldquo;A educa&ccedil;&atilde;o integral implica na forma&ccedil;&atilde;o do ser humano para al&eacute;m da base conteudista, que &eacute; uma das suas prerrogativas, para que ele esteja apto a lidar com a vida em suas plenas possibilidades, desde o aspecto emocional afetivo, passando pelo l&uacute;dico art&iacute;stico, f&iacute;sico motor e profissional laborativo&rdquo;</em>, refor&ccedil;ou o gestor.<br /> <br /> Uma das experi&ecirc;ncias art&iacute;sticas a serem priorizadas e inclu&iacute;das no curr&iacute;culo do aluno ser&aacute; a capoeira, devido a incid&ecirc;ncia significativa de comunidades quilombolas no Tocantins. A proposta &eacute; que ela seja tamb&eacute;m um instrumento para o fomento da hist&oacute;ria e ensino da cultura afro-brasileira, para melhor compreens&atilde;o da tradi&ccedil;&atilde;o e exist&ecirc;ncia destas comunidades no Estado.<br /> <br /> A ci&ecirc;ncia na escola &eacute; colocada como essencial pela gest&atilde;o. Da mesma forma, os projetos de pesquisa cient&iacute;fica e a reestrutura&ccedil;&atilde;o das unidades, laborat&oacute;rios e forma&ccedil;&atilde;o do professor far&atilde;o parte das pol&iacute;ticas p&uacute;blicas da Secretaria de Educa&ccedil;&atilde;o e Cultura. O foco ser&aacute; estreitar a rela&ccedil;&atilde;o com as universidades p&uacute;blicas, com projetos de extens&atilde;o com investiga&ccedil;&atilde;o cient&iacute;fica, visando preparar e formar o educando no contato com a academia. O ensino ser&aacute; associado &agrave; educa&ccedil;&atilde;o integrada com a experi&ecirc;ncia profissionalizante, voltada para forma&ccedil;&atilde;o orientada.<br /> <br /> <u><strong>Mapeamento</strong></u><br /> <br /> <em>&ldquo;Vamos fazer o mapeamento das unidades, conhecer o funcionamento e necessidades para reestruturar as escolas, para que elas atendam as demandas, pois muitas n&atilde;o est&atilde;o preparadas para receber as atividades do contraturno. Vamos criar adequa&ccedil;&otilde;es para as novas experi&ecirc;ncias que surgir&atilde;o com a revis&atilde;o curricular e estudaremos a utiliza&ccedil;&atilde;o de outros espa&ccedil;os da cidade, como centros culturais, para atender unidades que n&atilde;o possuem ambiente adequado&rdquo;</em>, refor&ccedil;ou o secret&aacute;rio Ad&atilde;o Francisco Oliveira.<br /> <br /> O gestor pontuou ainda que a forma&ccedil;&atilde;o de professores tamb&eacute;m ser&aacute; prioridade e permitir&aacute; que eles compreendam e incorporem as perspectivas da educa&ccedil;&atilde;o integral, privilegiando as rela&ccedil;&otilde;es com as universidades p&uacute;blicas do Estado. Ele adiantou que j&aacute; est&aacute; em andamento um trabalho neste sentido em parceira com a Funda&ccedil;&atilde;o Unitins.<br /> <br /> <em>&ldquo;A comunidade tocantinense pode hoje esperar potencialidade da educa&ccedil;&atilde;o na remodela&ccedil;&atilde;o do ensino, pois precisamos organizar o ambiente escolar para atender de fato a necessidade do ser humano de se formar. E a escola &eacute; um processo de ampla forma&ccedil;&atilde;o humana de alunos e professores&rdquo;</em>, destacou o secret&aacute;rio.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.