Durante a campanha de 2014

Empresário preso com R$ 500 mil em avião diz ter recebido ameaça a mando dos Mirandas

Por Redação AF
Comentários (0)

01/08/2017 16h06 - Atualizado há 1 mês
Um empresário de Porto Nacional registrou Boletim de Ocorrência contra o governador Marcelo Miranda (PMDB), o pai dele, Brito Miranda, e o irmão, José Eidmar de Brito Miranda, pelo crime de ameaça. Douglas Marcelo Alencar Schimitt, de 41 anos, fez o registro na tarde do último sábado (29) na 1ª Delegacia de Porto Nacional (TO). O empresário relata que um sargento da Polícia Militar, lotado no Palácio Araguaia, se encontrava na entrada de sua fazenda, a Agropecuária Napolis, em Porto Nacional, e teria sido alertado há uma semana que Marcelo, Brito e Edimar, "iam mandar fazer um rasto de onça" nele. Na linguagem policial, o termo significa dar um susto ou mesmo ameaçar. O empresário diz no Boletim que o caseiro percebeu a presença de uma pessoa na entrada da fazenda, em um veículo Fiat Punto, de cor branca, identificando-se como corretor. Ao ser avisado do fato, o empresário deslocou-se para o local juntamente com a guarnição da Polícia Militar. Ao chegar nas imediações da fazenda, o empresário e a PM se depararam com o homem na entrada da fazenda. Mas, diferentemente da informação repassada ao caseiro, se apresentou como um sargento. Este, segundo a ocorrência, é lotado no Palácio Araguaia, sede do Governo do Estado em Palmas. Diante disso, o empresário Douglas, conforme o Boletim, entendeu que o PM seria um emissário da família do Governador Marcelo para fazer o "rastro de onça". Pois, no alerta, há uma semana, haviam "deixado claro que pretendiam passar um susto nele [empresário]", menciona o boletim. Entretanto, não cita as possíveis motivações. Douglas é uma das quatro pessoas presas na operação da Polícia Civil de Goiás, em setembro de 2014, na cidade de Piracanjuba, de posse de R$ 504 mil em espécie e santinhos de Marcelo Miranda (PMDB), candidato ao Governo do Tocantins na época. Ele disputava com Sandoval Cardoso (SD), do grupo de Siqueira Campos. Sem resposta A reportagem procurou a assessoria de imprensa do Governador, mas eles preferiram não comentar sobre o caso. Também procuramos a Secretaria de Segurança Pública (SSP-TO) sobre quais os passos a serem feitos após o registro da ocorrência, mas também não obtivemos resposta. (Araguaína Notícias)

Comentários (0)

Mais Notícias

De Figueirópolis

Professor do Tocantins vence prêmio nacional com projeto sobre esportes

O objetivo do prêmio é reconhecer o trabalho dos professores que contribuem para a qualidade da educação básica.

Investigação

PF prende médico no Tocantins em operação que investiga corrupção na Saúde

Mandados também estão sendo cumpridos em São Luís (MA), Imperatriz (MA), Parauapebas (PA), Brasília (DF) e Goiânia (GO).

Estado

Bunge Açúcar e Bioenergia abre vagas para jovens engenheiros no Tocantins

As inscrições vão até o dia 9 de novembro.

Nesta quinta, 18

Vagas de emprego para manicure, mecânico, porteiro, zelador e vendedor

As vagas são para todos os níveis de escolaridade e estão distribuídas em nove cidades do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.