Sul do TO

Escola cívico-militar amplia número de vagas em Gurupi após autorização do MEC

Escola receberá nova pintura e passará por outras melhorias.

Por Redação
Comentários (0)

08/03/2021 16h47 - Atualizado há 8 meses
Para a titular da Seduc, Adriana Aguiar, a mudança ocorreu em prol da comunidade escolar

O número de vagas para estudantes atendidos pelo Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim) foi ampliado em Gurupi (TO) com a transformação da Escola Estadual Setor Aeroporto em extensão da Escola Estadual Hercília Carvalho da Silva.

Nesta segunda-feira (9), após a autorização do Ministério da Educação (MEC), a equipe da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) fez a apresentação da nova proposta, que foi acolhida pelos profissionais que atuam na unidade de ensino.

“A articulação com o MEC foi uma iniciativa nossa, visando ampliar a capacidade de atendimento aos estudantes e fortalecer o trabalho da unidade de ensino. Foi uma decisão em prol de toda a comunidade escolar”, pontuou a titular da Seduc, Adriana Aguiar.

De acordo com a assessora de Apoio aos Municípios, Kelma Tavares Barbosa, a comunidade local ansiava pela integração da metodologia já adotada pela rede com a disciplina militar.

A Escola Estadual Setor Aeroporto conta com boa estrutura física e com salas ociosas, com condições adequadas para o atendimento dos alunos que pleiteiam e aguardam vagas nas Escolas Cívico-Militares do Tocantins, ampliando a capacidade de atendimento de até mil estudantes no município de Gurupi”, apontou.

Localizada na Avenida Aeroporto, setor Vila Nova, a Escola Estadual Setor Aeroporto fica a aproximadamente 1.300 metros do Hercília, que conta com aportes financeiros do Governo Federal para melhorias na estrutura e com a disciplina (norma de conduta) militar. A escola receberá nova pintura e passará por outras intervenções para melhoria do prédio.

Considerando que a Escola Estadual Setor Aeroporto estava com baixa procura e nós temos a estrutura, os profissionais e a procura dos estudantes, pelo Hercília, resolvemos unir esses fatores”, ressaltou Adriana Aguiar.

Na ocasião da apresentação, os profissionais que atuam na unidade de ensino acolheram, com empolgação, a proposta. O professor Genailson Rocha destacou que a mudança representa uma grande conquista para a unidade de ensino.

Quando eu cheguei aqui em 2012, tinha uma procura grande pela unidade de ensino, depois eu fiquei afastado da escola e quando voltei, em 2019, já tinha um número bem menor de estudantes. Com essa reformulação, a escola certamente passará a ter uma procura maior, pois o Hercília já tem alunos esperando por uma vaga”, ressaltou.  

Para ingressar na unidade de ensino, os interessados devem seguir o procedimento normal de matrícula, acessando o site da Seduc em http://matricula.seduc.to.gov.br/ ou pelo telefone 0800 0635050. Na pré-matrícula, o interessado tem a opção de informar três opções distintas de Escola ou três opções diferentes de turno na mesma Escola em que deseja se matricular.

(As informações são do Governo do Tocantins)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.