Estudante de Araguaína é presa com mais de 50 kg de drogas que abasteceriam o "comércio" local

Por Redação AF
Comentários (0)

18/06/2015 08h42 - Atualizado há 2 meses
<span style="font-size:14px;">Mais de 50 kg de drogas foram apreendidos no in&iacute;cio da tarde desta quarta-feira (17) pela Pol&iacute;cia Rodovi&aacute;ria Federal de Guara&iacute; (TO). O entorpecente tinha como destino a cidade de Aragua&iacute;na e era transportado em um micro-&ocirc;nibus que faz a linha regular Palmas/Araguaina.<br /> <br /> A droga, composta por 41 tabletes, foi localizada em duas malas e tamb&eacute;m na bagagem de m&atilde;o de uma passageira de 26 anos, estudante do ensino m&eacute;dio.<br /> <br /> Questionada sobre a origem do entorpecente, a estudante informou que saiu de Aragua&iacute;na para passar 10 dias com uma amiga em Planaltina (DF), quando recebeu o convite de outra mulher para fazer o transporte do entorpecente at&eacute; a cidade de Aragua&iacute;na.<br /> <br /> Pelo transporte a jovem receberia como pagamento a quantidade de 03 tabletes de maconha. Disse ainda aos agentes da PRF que embarcou em um &ocirc;nibus em Bras&iacute;lia com destino a Palmas, passando pela BR-010, via Arraias e Porto Nacional, quando reembarcou em uma Van com destino a cidade de Aragua&iacute;na, onde reside.<br /> <br /> A PRF lavrou Boletim de Ocorr&ecirc;ncias Policiais &ndash; BOP enquadrando a passageira por tr&aacute;fico de drogas (Artigo 33 da Lei 11.343/06). Em seguida a ocorr&ecirc;ncia foi apresentada &agrave; Central de Flagrantes da Pol&iacute;cia Civil em Guara&iacute;/TO.<br /> <br /> <u><strong>Mais de 106 kg em uma semana</strong></u><br /> <br /> Em uma semana a PRF/TO j&aacute; retirou de circula&ccedil;&atilde;o 106,7 kg de entorpecentes (foram 90,365 kg de maconha, 16,2 kg de pasta base de coca&iacute;na e 150 gramas de crack). O preju&iacute;zo para o narcotr&aacute;fico &eacute; de aproximadamente R$ 700 mil, uma vez que o grama de maconha chega a ser comercializado por R$ 5,00. J&aacute; a pasta base, ap&oacute;s o processo de refinamento, onde cada quilo se transforma em at&eacute; 10 quilos de coca&iacute;na, &eacute; comercializada por valores superiores a R$ 15 mil.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.