Fies passa a exigir média mínima no Enem de 450 pontos; candidato também não pode zerar redação

Por Redação AF
Comentários (0)

30/03/2015 16h01 - Atualizado há 1 mês
<span style="font-size:14px;">A partir desta segunda-feira (30), o estudante que tiver m&eacute;dia inferior a 450 pontos nas provas do Exame Nacional do Ensino M&eacute;dio (Enem) n&atilde;o poder&aacute; se inscrever para uma bolsa do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Al&eacute;m da m&eacute;dia m&iacute;nima, o candidato n&atilde;o pode ter nota zero na reda&ccedil;&atilde;o. As inscri&ccedil;&otilde;es v&atilde;o at&eacute; o dia 30 de abril.<br /> <br /> Em fevereiro, foram abertas as inscri&ccedil;&otilde;es para novas ades&otilde;es ao Fies, mas sem a obrigatoriedade da nota m&iacute;nima. Era preciso apenas ter feito o Enem para solicitar o financiamento. N&atilde;o est&atilde;o sujeitos a essa regra os professores do quadro permanente da rede p&uacute;blica matriculados em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia.<br /> <br /> A regra de exigir a m&eacute;dia m&iacute;nima no Enem foi estabelecida em portaria do Minist&eacute;rio da Educa&ccedil;&atilde;o, publicada em dezembro de 2014, e gerou descontentamento de estudantes e representantes de institui&ccedil;&otilde;es privadas de ensino superior. Institui&ccedil;&otilde;es estimam que a mudan&ccedil;a reduzir&aacute; em pelo menos 20% o n&uacute;mero de contratos do Fies.<br /> <br /> A estudante Kamila Monteiro, de 18 anos, obteve m&eacute;dia de 426 pontos no Enem e conseguiu o contrato do Fies antes da aplica&ccedil;&atilde;o da nova regra. Ela avalia que os estudantes de escola p&uacute;blica como ela ser&atilde;o prejudicados com a mudan&ccedil;a.<br /> <br /> <em>&ldquo;Dizem que &eacute; para melhorar a qualidade do ensino, mas quem est&aacute; em escola p&uacute;blica tem dificuldade para fazer a prova do Enem. Ent&atilde;o, &eacute; preciso come&ccedil;ar melhorando a qualidade do ensino m&eacute;dio e n&atilde;o dificultar a entrada no ensino superior&rdquo;</em>, diz Kamila, que vai cursar psicologia em uma institui&ccedil;&atilde;o de S&atilde;o Paulo.<br /> <br /> O Minist&eacute;rio da Educa&ccedil;&atilde;o descarta a possibilidade de abrir m&atilde;o da exig&ecirc;ncia. Segundo a pasta, a mudan&ccedil;a foi feita em prol da qualidade do ensino superior e o di&aacute;logo com as entidades &eacute; permanente.<br /> <br /> O Fies financia de 50% a 100% das mensalidades, dependendo da renda familiar mensal bruta. &Eacute; destinado a alunos matriculados em cursos superiores presenciais n&atilde;o gratuitos, oferecidos por institui&ccedil;&otilde;es cadastradas no programa e que tenham obtido resultados positivos nas avalia&ccedil;&otilde;es do Sistema Nacional de Avalia&ccedil;&atilde;o da Educa&ccedil;&atilde;o Superior.<br /> <br /> Entre as mudan&ccedil;as feitas pelo minist&eacute;rio no Fies est&atilde;o tamb&eacute;m a altera&ccedil;&atilde;o de 12 para oito no n&uacute;mero de parcelas de repasse de recursos para as institui&ccedil;&otilde;es privadas e percentual m&aacute;ximo de reajuste para mensalidades no caso de aditamentos de contratos. (Ag&ecirc;ncia Brasil)</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Política

Bolsonaro cogita Sérgio Moro no Supremo Tribunal Federal, diz presidente do PSL

Bebianno é cotado para ser ministro da Justiça num eventual governo Bolsonaro.

3ª Corrida da Justiça

Cerca de 1.000 atletas participam de tradicional prova noturna no Tocantins

Os corredores se dividiram em dois trajetos (5 e 10 km) finalizando na na Praça dos Girassóis.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.