Goiatins

Fim de ano amargo para servidores no norte do Tocantins: atraso salarial de 3 meses e sem 13º

Os salários atrasados são dos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro, além do 13º.

Por Redação 1.352
Comentários (0)

23/12/2019 10h08 - Atualizado há 2 anos
Prefeitura de Goiatins

Muitos servidores do município de Goiatins, no norte do Tocantins, terão um final de ano amargo, sem salário e sem o benefício natalino do 13º.

Servidores da saúde denunciaram ao AF Notícias que ainda não receberam o pagamento dos meses de setembro, outubro e novembro, e nem o tão aguardado 13º. O prefeito da cidade é Antônio Luiz (PL).

Um dos servidores prejudicados relatou que alguns colegas estão passando por sérias dificuldades financeiras. “Que a Justiça faça alguma coisa, pois já têm servidores passando necessidades”, afirmou. Ele preferiu não ser identificado por medo de represálias.

Ainda conforme o servidor, os trabalhadores da Administração receberam o salário de outubro somente neste mês de dezembro.

Atrasos recorrentes

Os atrasos nos salários dos servidores de Goiatins são frequentes nos últimos anos. Vereadores já fizeram denúncias e até o Ministério Público do Tocantins (MTPO) levou o caso à Justiça.

Cansado de esperar por seus salários, o assistente administrativo José da Guia Maciel Gama também recorreu à Justiça para receber os vencimentos dos meses de junho, julho, agosto e setembro de 2019.

Outro lado

A reportagem questionou a prefeitura de Goiatins sobre os recentes atrasos na saúde e aguarda retorno.

+ Vereadores denunciam prefeito por atraso salarial de quatro meses em Goiatins

+ Com salários atrasados, servidores criticam festa e shows no aniversário de Goiatins

+ Servidor pede socorro à Justiça para receber quatro meses de salários atrasados no Tocantins

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.