Fórum Tocantinense de Combate à Corrupção se reúne para definir linhas de atuação para 2015

Por Redação AF
Comentários (0)

26/11/2014 11h46 - Atualizado há 1 segundo
<span style="font-size:14px;">Integrantes do F&oacute;rum Tocantinense de Combate &agrave; Corrup&ccedil;&atilde;o (FOCCO) se reunir&atilde;o no pr&oacute;ximo dia 09 de dezembro para definir as linhas de atua&ccedil;&atilde;o para 2015. A data &eacute; simb&oacute;lica, pois &eacute; celebrado o Dia Internacional Contra a Corrup&ccedil;&atilde;o. A reuni&atilde;o ser&aacute; realizada na sede do Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual do Tocantins (MPE) e contar&aacute; com representantes de diversos &oacute;rg&atilde;os de fiscaliza&ccedil;&atilde;o.<br /> <br /> No dia 12 de novembro, em encontro no MPE, autoridades discutiram estrat&eacute;gias do FOCCO no Tocantins. O Promotor de Justi&ccedil;a Reinaldo Koch Filho, coordenador do F&oacute;rum em &acirc;mbito estadual, informou que os &oacute;rg&atilde;os de fiscaliza&ccedil;&atilde;o estar&atilde;o mais pr&oacute;ximos em 2015, articulando a&ccedil;&otilde;es de combate &agrave; corrup&ccedil;&atilde;o.<br /> <br /> O Procurador de Justi&ccedil;a Marco Ant&ocirc;nio Alves Bezerra fez um balan&ccedil;o das atividades do Grupo nos &uacute;ltimos anos. Bezerra, que coordenou o F&oacute;rum nos &uacute;ltimos anos, destacou a import&acirc;ncia de a&ccedil;&otilde;es como as recomenda&ccedil;&otilde;es para que fossem constitu&iacute;das comiss&otilde;es de transi&ccedil;&atilde;o, dando mais transpar&ecirc;ncia e celeridade ao processo de mudan&ccedil;a nas gest&otilde;es municipais, depois das elei&ccedil;&otilde;es de 2012. O Procurador tamb&eacute;m relembrou a orienta&ccedil;&atilde;o do F&oacute;rum para que as prefeituras colocassem no ar o Portal da Transpar&ecirc;ncia dos Munic&iacute;pios.<br /> <br /> Al&eacute;m do Procurador de Justi&ccedil;a Marco Ant&ocirc;nio Alves Bezerra e dos Promotores de Justi&ccedil;a Reinaldo Koch Filho e Octahydes Ballan J&uacute;nior, participaram da reuni&atilde;o representantes de diversas institui&ccedil;&otilde;es: Alexandre Brum (TJ/TO), Jos&eacute; R. da Concei&ccedil;&atilde;o (TCE), Leonel de Melo (CGU), &Aacute;dila de Lima (CGU), Eduardo dos Santos, Andr&eacute; de Sousa e Victor da Cunha (AGU), Juvenal dos Santos e Jos&eacute; Pedro Leite (CGE), Carlos Eduardo Pereira (TCU), Arthur Marques (DPE) e Haroldo Dias J&uacute;nior e Alberto de Jesus (RFB).<br /> <br /> <u><strong>Conhe&ccedil;a</strong></u><br /> <br /> Lan&ccedil;ado oficialmente em 2011, o FOCCO tem o objetivo de articular esfor&ccedil;os e formar parcerias contra a corrup&ccedil;&atilde;o, bem como aprimorar a fiscaliza&ccedil;&atilde;o e promover, na sociedade, o debate sobre a import&acirc;ncia de se acompanhar os gastos p&uacute;blicos e denunciar irregularidades na administra&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica. O F&oacute;rum tocantinense faz parte da Rede de Controle, que re&uacute;ne 14 institui&ccedil;&otilde;es. <em>(Ascom - MPE)</em></span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.