Saúde

Governo não paga clínica de radioterapia há 9 meses e prejudica pacientes com câncer

Segundo a empresa, o último repasse referente a abril de 2018 foi feito já no mês de dezembro.

Por Redação 582
Comentários (0)

08/02/2019 10h54 - Atualizado há 1 semana
Máquina radioterapia

Com nove meses sem receber pagamento do Governo do Tocantins, a clínica de radioterapia Irradiar suspendeu há cerca de três semanas os atendimentos para novos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) em Palmas.

A empresa presta serviços de radioterapia ao Governo através de convênio. Apesar da suspensão, os pacientes que já tinham iniciado o tratamento vão continuar sendo atendidos normalmente em respeito à população e devido à essencialidade dos serviços, diz um comunicado da clínica.

Conforme a empresa, o último pagamento referente a abril de 2018 só foi feito em dezembro. “A falta desses pagamentos tem impedido a clínica em honrar com os compromissos perante os prestadores, fornecedores e tributos governamentais”, disse. "Os valores do tratamento são da Tabela SUS, sem nenhum acréscimo", ressaltou.

A clínica trata 35 pacientes novos do SUS por mês, executando 700 sessões de radioterapia a cada 30 dias (20 sessões ao mês / 5 por semana / 1 ao dia para cada paciente). 

Ainda de acordo com a clínica, os atendimentos serão normalizados assim que o pagamento for regularizado.

A clínica dispõe atualmente de um acelerador que figura entre os mais modernos do País, sendo capaz de realizar radioterapia conformacional 3D, de intensidade modulada, além da Radiocirurgia (técnicas que maximizam os resultados com menores impactos à saúde do paciente). O aparelho focaliza e emite a radiação de forma específica para não comprometer os demais órgãos.

Nota do Governo do Estado

"A Secretaria de Estado da Saúde informa que está previsto para a próxima semana o pagamento de R$119.146,00 para a empresa Clínica Médica Oncológica Irradiar, que presta os serviços de radioterapia em Palmas e o retorno dos atendimentos na cidade. Em 2018 foram pagos para a empresa R$ 471.592,00.

A Secretaria informa ainda que possui contrato vigente com o serviço de radioterapia de Imperatriz/MA, onde os pacientes estão sendo encaminhados, até que seja solucionado o entrave administrativo com a empresa Irradiar em Palmas.

O Estado também está em contato constante com a Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) para liberação o mais breve possível do equipamento de Radioterapia de Araguaína. O equipamento já foi instalado, a equipe treinada, aguardando agora, somente a liberação da máquina junto ao órgão federal."

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.