Halum diz que é "imoral" pagamento de passagens para esposas e maridos de parlamentares

Por Redação AF
Comentários (0)

03/03/2015 11h26 - Atualizado há 1 segundo
<span style="font-size:14px;">O deputado federal C&eacute;sar Halum (PRB-TO), abriu m&atilde;o do benef&iacute;cio concedido pelo presidente da C&acirc;mara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), que garante o pagamento de passagens a&eacute;reas para esposas e maridos de parlamentares. De acordo com o parlamentar a decis&atilde;o est&aacute; na contram&atilde;o do que a sociedade espera de seus representantes no Congresso.<br /> <br /> Segundo Halum, &eacute; inaceit&aacute;vel a aprova&ccedil;&atilde;o do benef&iacute;cio durante um momento em que a sociedade &eacute; penalizada com o aumento de impostos e alta nos pre&ccedil;os de produtos como combust&iacute;vel.<br /> <br /> &ldquo;A medida &eacute; legal, por&eacute;m imoral perante os in&uacute;meros problemas econ&ocirc;micos que o Brasil enfrenta. Mesmo que seja mantido o aux&iacute;lio eu n&atilde;o o utilizarei, pois acredito que a C&acirc;mara deve dar o exemplo e abrir m&atilde;o de despesas como essa, que a distanciam ainda mais de seus representados&rdquo;, afirmou o republicano.<br /> <br /> A Mesa Diretora da C&acirc;mara dos Deputados se reunir&aacute; nesta ter&ccedil;a-feira (3), para rediscutir a decis&atilde;o.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.